terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

DENUNCIA. PAGAMENTOS INDEVIDOS DE OBRAS NÃO FEITAS NO GOVERNO DO EX-PREFEITO VALMIR CLIMACO SERÃO LEVADAS AO CONHECIMENTO DO MINISTÉRIO PÚBLICO

Ex-prefeito de Itaituba Valmir Climaco

Caro JK. Da denuncia. 1º parte

As vésperas de ter suas contas julgadas pelo TCM - Tribunal de Contas dos Municípios, o ex-prefeito de Itaituba Valmir Climaco de Aguiar, terá que responder a inúmeras irregularidades cometidas em seu curto mandato

A denuncia que será levada ao conhecimento do Ministério Publico e Policia Federal é composto por um conjunto de vários documentos que apontam e comprovam inúmeras irregularidades com fortes evidencias de desvio de dinheiro público da PMI Prefeitura Municipal de Itaituba no período de 2010 a 2012, na gestão do ex-prefeito.

1° CASO: Escola Águia do Saber.

Dentre as denuncias estão a compra da Escola Aguiar do Saber, que já pertencia ao município desde de sua construção em 1993 pelo ex-prefeito Wirlande Freire, mais que inexplicavelmente foi comprada para o município de Itaituba pelo valor R$ 529.000,00 no ano de 2011 pelo então prefeito Valmir Clímaco.


Mas as denuncias referentes a escola Águia do Saber não para por ai, no final do ano de 2012 a referida escola teria passado por uma reforma com um valor total de R$ 147.947,70. Dividido em dois pagamentos, um no valor de R$ 117.357,23 e outro no valor R$ 30.590,47 Acontece que a reforma que foi empenhada e paga pelo ex-prefeito, nunca saiu do papel.

A construtora TERPLAN LTDA - ME que já está sendo alvo de varias outras denuncias, recebeu o repasse da prefeitura por um serviço que nunca executou. Como pode ser muito facilmente comprovado, pelo atual estado que se encontra a escola e por denuncias de pais de alunos e professores daquele educandário. O pedido de fechamento da escola por falta de condições de uso e falta de investimentos, já foi denunciado pelo SINTEP ao ministério publico.

Conforme comprovantes de pagamentos e notas em anexo.










CONDIÇÕES DA REFERIDA ESCOLA APÓS A SUPOSTA REFORMA.

Escola Águia do Saber

O ministério público deve entrar em breve com uma ação de improbidade administrativa contra o ex-prefeito, secretários, assessores e funcionários públicos pelos crimes de peculato, corrupção Ativa e Passiva, e também contra os proprietários da empresa TERPLAN CONSTRUTORA LTDA ME.

Na outra terça-feira (2) colocaremos a segunda parte da denuncia. 

JK com informações e fotos do Fuxiqueiro de Plantão

Nenhum comentário:

Postar um comentário