domingo, 9 de abril de 2017

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO GABINETE DO VEREADOR REGINALDO CAMPOS

Vereador Reginaldo Campos

O vereador Reginaldo Campos, vítima de acusações caluniosas e difamatórias, vem a público informar o que segue:

Está na atividade parlamentar há mais de 16 anos, sem nunca ter seu nome envolvido em atitudes condenáveis e discrepantes do que deve ser o mister de um homem público. Ultimamente foi acusado de manter funcionária fantasma, como captadora de votos.

Esclarece que a servidora Sarah Campina dos Santos, foi servidora lotada em seu gabinete, cumprindo regularmente sua função no que tange a carga horária, atribuições, bem como a compatibilidade de horário com outro cargo público que exercia.

O inquérito foi baseado em denúncia anônima, com o intuito precípuo de atingir sua imagem como homem público, sob a injusta acusação de possível compra de votos.

Ocorre que é recorrente a procura de pessoas pedindo ajuda e principalmente orientação para a resolução dos seus problemas, circunstância que é inerente ao exercício de toda e qualquer função pública. Isso é fato inconteste. Entretanto não há qualquer ilicitude ou desobediência ao princípio da legalidade.

Sua atitude como agente público, cidadão e cristão, dependendo de cada situação, é orientar e fazer encaminhamentos, dentro do procedimento legal que cada caso requer.

O vereador ressalta que no inquérito que versa sobre a acusaçao, já foram ouvidas mais de 20 pessoas, cujos depoimentos, não confirmam a denúncia anônima imputada a ele, deixando clara a intenção de macular a sua imagem como político, cristão e cidadão.

Diante dos fatos, e com base na fragilidade da apuração, falta de provas e principalmente sobre possível compra de votos, o vereador Reginaldo está consubstanciando elementos para um pedido de liminar e consequente arquivamento do inquérito, por entender que não há sustentação legal, sequer na tramitação de tal apuração no âmbito da polícia civil, e, sobretudo, na confirmação dos fatos delituosos imputados.

Dessa forma espera que seja feita a justiça.

ASCOM: Assessoria de comunicação do Gab. do Ver. Reginaldo Campos-P

Nenhum comentário:

Postar um comentário