SAIRÉ 2018

SAIRÉ 2018

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

COMANDO GERAL DA POLÍCIA MILITAR DO PARÁ, JÁ ESTÁ FINALIZANDO O LEVANTAMENTO DA ÁREA DA INVASÃO DO JUÁ NA AVENIDA FERNANDO GUILHON EM SANTARÉM, PARA REINTEGRAÇÃO DE POSSE

Ocupação do Juá cresceu muito

As mudanças provocadas pela ocupação desordenada próxima a Área de Proteção Ambiental Juá em Santarém, no oeste do Pará, são visíveis e assustadoras. Com o crescimento irregular, as moradias acabaram invadindo a área demarcada da APA, localizada no trecho entre a Rodovia Fernando Guilhon e Praia do Juá.

Imagens de satélite revelam que já foram desmatados muitos hectares para casas e ruas fossem construídas sem o planejamento adequado. A falta de cobertura vegetal fragiliza o solo, que, com as chuvas, leva sedimentos para pontos mais baixos.

Os prejuízos ambientais ao manancial foram confirmados após um estudo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmas). O relatório apontou que as ocupações irregulares ao redor da APA Juá são as principais causadoras do assoreamento no lago, como exemplo, a ocupação Bela Vista do Juá. 

Os Ministérios Públicos Estadual e Federal ingressaram com Ações Civis Públicas na justiça. Tramitam no judiciário de Santarém três ações, sendo uma delas movida pelo proprietário do terreno próximo ocupado próximo a APA.

Um mandado de reintegração de posse foi expedido. De acordo com o comando geral da Polícia Militar do Pará, está sendo finalizado o levantamento da área para executar a reintegração. Esta semana uma equipe da PM sairá de Belém para fechar o levantamento em Santarém.

Ainda o comando, ao mesmo tempo, a Polícia está contactando com outras Secretarias de Estado, como a de Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) para dar uma atenção social às famílias que serão retiradas. O comando ressalta, ainda, que após esse levantamento a área será reintegrada.

Outra ação requer a condenação do município de Santarém na obrigação de remanejar os ocupantes para áreas de programas habitacionais populares, e promover a recuperação da área degrada.

JK Com informações do G1

CARTA ABERTA, ESCRITA PELO PROFESSOR JARSEN GUIMARÃES, À COMUNIDADE ACADÊMICA DA UFOPA E À TODA REGIÃO OESTE DO PARÁ

Carta aberta escrita pelo professor Jarsen Guimarães


Nos últimos dias, tomou-se conhecimento a respeito da notificação do Ministério da Educação dirigida à UFOPA, sobre a necessidade de reformulação da lista tríplice encaminhada ao MEC, após processo eleitoral de consulta à comunidade acadêmica para os cargos de Reitor e Vice-Reitor.

Como todos sabem, considerando meus 27 anos de magistério, atrelados às experiências de gestão obtidas no decorrer de minha vida, decidi, por me considerar apto, candidatar-me ao cargo de Reitor da Universidade Federal do Oeste do Pará, junto do professor Celson Lima, na qualidade de Vice-Reitor, obtendo da comunidade acadêmica 706 votos de confiança em nossa chapa.

Ocorre que quando da elaboração da Resolução que regulamentou o processo de consulta à comunidade acadêmica, determinou-se que a lista tríplice seria composta pelos candidatos a Reitor e Vice-Reitor(a) da chapa vencedora na consulta, mais um docente indicado pela chapa vitoriosa que atendesse aos requisitos da lei para o exercício da cargo disputado.

Contudo, o Decreto nº 1.916/1996, que regulamenta o processo de escolha dos dirigentes das instituições federais de ensino superior, dispõe sobre a composição da lista tríplice de forma diferente da Resolução do Conselho Superior Universitário da Ufopa, devendo tal lista, nos termos do Decreto, ser composta pelos três candidatos mais votados, para a então escolha final pelo Presidente da República.

Nosso ato normativo, infelizmente, foi de encontro às disposições de uma legislação federal que, hierarquicamente, está acima de nossas resoluções. 

Além do erro de formalidade da resolução, carece de acerto o mérito do dispositivo que previu a elaboração de uma lista tríplice com um nome indicado pela chapa vencedora na consulta à comunidade acadêmica, que sequer foi submetido ao sufrágio dessa comunidade.

Fora dada, portanto, “carta branca” à chapa vencedora para indicar outro nome para compor a lista, sem nenhum voto da comunidade acadêmica, desconsiderando os 706 votos a mim confiados, e os 642 votos confiados à chapa que ficou em terceiro lugar no processo eleitoral, composta pelos Professores Thiago Vieira e Izaura Costa, descartando-se, no total, 1.348 votos da comunidade acadêmica da Ufopa.

Respeito os 29,3% dos votos recebidos pelos Professores Hugo Diniz e Aldenize Ruela, assim como também respeito os 70,7% dos votos que manifestaram a preferência por outras chapas.

Espero que o Conselho Universitário da Ufopa, instado a se manifestar, pondere se mostra razoável anular 40,1% dos votos totais da comunidade acadêmica, recebidos pela Chapa 2 e Chapa 5 (segundo e terceiro lugar na consulta), em detrimento de um nome que não foi submetido a máxima do princípio democrático, qual seja, o voto direto.

É surpreendente o receio da nomeação de um candidato que não encabece a lista - mas que recebeu votos da comunidade acadêmica, contudo, me espanta a tranquilidade da possibilidade da Ufopa ter um Reitor que não recebeu nenhum voto da comunidade.

Mais surpreendente ainda são as ilações infundadas de que, junto da Administração Superior, faço conluio e milito contrário ao regular andamento do processo eleitoral, mesmo nesses quatro anos tendo sido uma oposição técnica e qualificada à atual gestão, diferente de outros atores que para ter visibilidade optaram por fazer oposição a qualquer custo.

Em meio a tantas acusações injustas e sem fundamento a mim dirigidas, ressalto que não faz parte de meu perfil o desrespeito ao princípio da democracia. Afinal, cheguei ao cargo que hoje ocupo de Diretor do Instituto de Ciências da Sociedade pelo voto direto de docentes, técnicos e discentes.

Por fim, deixo claro que a mim, como servidor público e cidadão, cumpre o papel de dever obediência aos princípios republicanos da Administração Pública, especialmente, neste caso, ao da legalidade. Afinal, acertadamente, Barão de Montesquieu deixou a lição de que liberdade é o direito de fazer tudo o que as leis permitem.

Santarém-PA, 28 de fevereiro de 2018.

Jarsen Luis Castro Guimarães

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

EQUIPES DE TERRAPLANAGEM DA PREFEITURA, TRABALHARAM NA TARDE DE HOJE, PARA MINIMIZAR O ESTRAGO QUE A FORTE CHUVA FEZ EM ALGUNS BAIRROS DE SANTARÉM NA MANHÃ DE HOJE

Equipe de terraplanagem e de limpeza da Prefeitura de Santarém, foi pras ruas, buscando, amenizar os transtornos causados pelas fortes chuvas que caíram sobre Santarém, nesta terça-feira (27).


A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), manteve um ritmo intenso com as equipes de terraplenagem e de limpeza, após a chuva que caiu no Município, na manhã desta terça-feira (27), as equipes começaram a trabalhar em alguns pontos críticos. 

No bairro do Santarezinho, a equipe iniciou a recuperação da Tomé de Sousa, próximo a Cruzeiro do Norte. O morador José Pereira, de 70 anos, conta que hoje foi um dia atípico. "Assim é a natureza, temos que esperar a chuva passar. As equipes estão aqui no bairro e eu só tenho agradecer pelo serviço. Isso já ajuda muito a todos, até porque é linha de ônibus".

As equipes também passaram pela rua Pau Brasil no bairro da Floresta, e no bairro do Amparo. "A gente sabe dos problemas que são ocasionados com a chuva, mas eu sei também que é preciso da colaboração de todos, visto que muito lixo é jogado nas ruas e calçadas, entupindo as bocas de lobo, o que dificulta a passagem das águas da chuva. Com isso, muita gente acaba prejudicada com ruas alagadas", enfatizou Raimundo Vieira, morador do bairro da Floresta. 

O titular da Seminfra, Daniel Simões, destacou sobre o sistema de drenagem da cidade. "13 % das vias de Santarém contam com drenagem, índice muito baixo para o porte de Santarém. As equipes da Seminfra continuam verificando os pontos de maior vulnerabilidade. Logo que cessou a chuva, retomamos a limpeza das ruas, no sistema de drenagem e manutenção de vias. Porém, temos nos deparado com uma situação muito preocupante que é a questão da grande quantidade de lixo jogada nas ruas, então precisamos também contar com o apoio da população", finalizou.

Veja fotos dos trabalhos: 













Ailanda Tavares, Agência Santarém

ENGENHEIRO EMITE NOTA AO BLOG, ESCLARECENDO SOBRE A OBRA DE UM PRÉDIO NA AVENIDA JASMIM NO BAIRRO DO AEROPORTO VELHO, ONDE PARTE DO SEU TELHADO DESABOU NA MANHÃ CHUVOSA DESTA TERÇA-FEIRA EM SANTARÉM

Telhado do prédio que desabou na manhã de hoje na avenida Jasmim, canto com Travessa Verbena 
no bairro do Aeroporto Velho



Nota de Esclarecimento: 

Sobre ocorrido pela manhã do dia 27/02/2018 em uma construção situada na Avenida Jasmim, canto com a Travessa Verbena, no bairro Aeroporto velho, Santarém/PA, afirmo que a obra não estava sobre minha responsabilidade desde 2016, pois precisei me ausentar para cursar o mestrado em Belém/PA, de onde não conseguiria acompanhar de perto as etapas da construção.

Afirmo também que sou totalmente contra a execuções de obras sem o acompanhamento do responsável técnico (famosa canetada), e que o proprietário tem sua opção de escolha para as etapas construtivas de seu empreendimento.

Eng. M. Sc. Allan Dállen - Via Whatsapp para o BLOG DO JK

DEFLAGADA NA MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA (27), A QUINTA FASE DA OPERAÇÃO PERFUGA, QUE INVESTIGA DESVIO DE RECURSOS PÚBLICO NA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM. DENOMINADA AGORA DE "OPERAÇÃO ANTEPASSADO". O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL CUMPRE NESTA MANHÃ NA CÂMARA MUNICIPAL, MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO JUDICIAL DE DOCUMENTOS RELACIONADOS A PROCESSOS LICITATÓRIOS ANTERIORES À GESTÃO DO EX-VEREADOR REGINALDO CAMPOS, E QUEM ENVOLVEM AGENTES POLÍTICOS E PARTICULARES

Prédio do Ministério Público em Santarém


Foi deflagrada nesta manhã (27.02.18) a quinta fase da “Operação Perfuga”, em continuidade às investigações de desvio de recurso público no âmbito da Câmara de Vereadores de Santarém. Denominada “Operação Antepassado”, o Ministério Público Estadual cumpre mandado de busca e apreensão judicial de documentos relacionados a processos licitatórios anteriores à gestão do ex-vereador Reginaldo Campos, e que envolvem agentes políticos e particulares. A investigação tramita em segredo de justiça.

JK com informações do MPE

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

REITOR DA UFOPA AINDA NÃO ESTÁ DEFINIDO: MEC NOTIFICA A UFOPA A REELABORAR LISTA TRÍPLICE PARA ESCOLHA DO NOVO REITOR. PRESIDENTE TEMER QUE VAI ESCOLHER E DAR A CANETADA FINAL

Campus da UFOPA em Santarém


A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) foi notificada pela Secretaria de Educação Superior (Sesu) do Ministério da Educação (MEC) para reelaborar a lista tríplice indicando os nomes dos candidatos ao cargo de reitor, atendendo às regras estabelecidas no Decreto 1.916, de 23 de março de 1996.

No ofício nº 42/2018, a Sesu aponta que a escolha dos nomes encaminhados pelo Conselho Universitário (Consun), dia 29 de janeiro de 2018, não atendem aos regulamentos vigentes.

O Ministério da Educação exige a aplicação da forma indicada no Decreto 1.916/96, que é a escolha do reitor e do vice-reitor dentre os indicados em lista tríplice elaborada pelo colegiado máximo da instituição, que deve ser composta pelos três primeiros nomes mais votados em escrutínio único, onde cada eleitor vota em apenas um nome para cada cargo (reitor e vice) a ser preenchido.

Segundo instrui o ofício, essa composição, em votação uninominal, é a que respeita os ritos legais, de acordo com O art. 1º, § 2º, do Decreto no 1.916/1996.

Consulta à comunidade - A consulta à comunidade acadêmica e a homologação do resultado, assim como, o processo eleitoral tiveram todas as decisões tomadas pelo Conselho Superior, passando por debates e votações, sendo encaminhadas as escolhas da maioria, inclusive na formação da lista tríplice enviada ao MEC. No colegiado, existem representantes das categorias discente, técnico e docente da instituição e a consulta teve o objetivo de proporcionar democracia ouvindo o que a comunidade achava ser melhor.

Decreto 1.916, de 23 de março de 1996

JK com informações da UFOPA

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA A JUSTIÇA O CAPITÃO MARCEL WANZELER, EX-COMANDANTE DO QUARTEL DA CIDADE DE ÓBIDOS, QUE FOI PRESO EM FLAGRANTE NO ÚLTIMO DIA (15/02) POR TRÁFICO DE DROGAS. O CAPITÃO USAVA O VEÍCULO OFICIAL IRREGULARMENTE E TRAFICAVA DENTRO DO QUARTEL. NO ARMÁRIO DO GABINETE DO MILITAR FOI ENCONTRADO MAIS DE 5 QUILOS DE MACONHA

Capitão Marcel Wanzeler, assumiu o comando da 29ª CIPM de Óbidos em 5 de outubro de 2017

Ministério Público do Pará, por meio da promotoria de Justiça Militar, denunciou à justiça o ex-comandante da 29ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) de Óbidos, capitão Marcel de Jesus Duarte Wanzeler, por uso indevido de veículo oficial e tráfico de drogas. A promotoria pediu o desligamento do oficial por incapacidade do mesmo permanecer na ativa e para responder o processo.

O militar já foi exonerado do cargo e atualmente está preso no Centro de Recuperação Especial Coronel Anastácio das Neves (Crecan), em Santa Isabel do Pará.

Segundo o promotor de justiça militar, Armando Brasil, uma viatura oficial da PM foi descaracterizada para uso particular da esposa do comandante – o que caracteriza peculato em razão da apropriação indevida de um bem da administração pública. Outra denúncia que pesa sobre Wanzeler é por tráfico de drogas, visto que foi encontrado no armário do gabinete do militar mais de 5kg de maconha.

Investigações da promotoria constataram a veracidade dos fatos que, inicialmente, chegaram a Comissão Permanente de Corregedoria do Comando de Policiamento Regional I (CPR-1), através do Disque Denúncia.

Conforme o promotor, o denunciado confessou que tinha guardado a droga ao invés de proceder com as devidas providências legais, nos casos de apreensão de entorpecentes. Diante dos fatos, a promotoria requereu à Justiça a conversão da prisão em flagrante para a prisão preventiva do acusado, tendo em vista a “gravidade do bem jurídico ofendido”, além da notificação das testemunhas a serem ouvidas no processo.

Além do mais, a Promotoria de Justiça Militar vai pedir a abertura de conselho de justificação, que é destinado a julgar, através de processo especial, a incapacidade do oficial das forças armadas (militar de carreira) de permanecer na ativa, criando-lhe, ao mesmo tempo, condições para se justificar ou se defender.

Prisão

No dia 15 de fevereiro, após informações registradas pelo serviço Disque-Denúncia 181, da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), o Comando de Policiamento Regional 1 abriu de imediato, por meio da Corregedoria, procedimento investigatório para apurar denúncias feitas contra o capitão no dia 14.

Uma equipe da Corregedoria se deslocou até o município de Óbidos, onde constatou em flagrante, o uso do veículoda PM pela esposa do oficial e sem os adesivos padrões, assim como giroflex e todo os recursos de identificação visual do modelo Parati. Também foram encontrados seis tabletes de maconha no gabinete do capitão Wanzeler, no total de 5,34 kg. O militar foi preso em flagrante.

Publicada no Boletim Oficial da PM três dias após a prisão, a portaria nº 139/2018 – DP/1 exonerou o militar do comando da companhia de Óbidos. A exoneração partiu de uma solicitação feita pelo Comando de Policiamento Regional I.

JK com informações do G1

SINE OFERECE VAGAS DE EMPREGO. VEJA AS VAGAS

Oportunidade de emprego


O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Santarém, divulgou uma lista com 5 vagas disponíveis. Os dados são desta Segunda-feira (26). Os interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada no prédio da Estação da Cidadania, que funciona na Avenida Rui Barbosa, bairro da Prainha, em Santarém.

Para fazer o cadastro e concorrer a uma vaga de emprego é necessário apresentar Carteira de Trabalho (C.T.P.S), Identidade, CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e endereço. 

Todos os serviços oferecidos pelo Sine são gratuitos.

Vagas Disponíveis:

1 - ELETRICISTA DE MANUTENÇÃO FERROVIARIA lll.

REQUISITOS:

· ENSINO MÉDIO COMPLETO.
· CURSO TÉCNICO EM ELETRICA + 400H DE CURSOS DE QUALIFICAÇÃO RELACIONADOS AO CARGO. (SENAI)
· EXPERIÊNCIA COM MANUTENÇÃO ELÉTRICA DE FERROVIAS/LOCOMOTIVAS.
· DISPONIBILIDADE PARA RESIDIR EM ÁREA REMOTA DA AMAZÔNIA.

2 - MECÂNICO DE MANUTENÇÃO FERROVIARIA lll.

REQUISITOS:

· ENSINO MÉDIO COMPLETO.
· CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA + 400H DE CURSOS DE QUALIFICAÇÃO RELACIONADOS AO CARGO. (SENAI)
· EXPERIÊNCIA COM MANUTENÇÃO MECÂNICA DE FERROVIAS/LOCOMOTIVAS.
· DISPONIBILIDADE PARA RESIDIR EM ÁREA REMOTA DA AMAZÔNIA.

3 - LÍDER DE SETOR PREVENÇÃO DE PERDAS.

REQUISITOS:

· ENSINO MÉDIO COMPLETO OU SUPERIOR CURSANDO (ADMINISTRAÇÃO, DIREITO...).
· SEXO INDIFERENTE.
· CURSO DE FORMAÇÃO DE VIGILANTE.
· EXPERIÊNCIA COM GESTÃO E LIDERANÇA DE EQUIPE.
· RESPONSÁVEL POR LIDERAR, ORIENTAR E ACOMPANHAR A EQUIPE DE PREVENÇÃO DE PERDAS, OFERECENDO MAIOR CONFORTO E QUALIDADE AOS CLIENTES.
· MONITORAR AS MOVIMENTAÇÕES NOS SETORES, ESTACIONAMENTO, ENTRADA E SAÍDA DA LOJA, ACOMPANHAR AS OCORRÊNCIAS E FURTOS DE MERCADORIAS SUGERINDO MEDIDAS PREVENTIVAS.

4 - TÉCNICO DE INFORMÁTICA

REQUISITOS:

· ENSINO MÉDIO COMPLETO E CURSO TÉCNICO DE INFORMÁTICA
· TER ALGUM CONHECIMENTO NA ÁREA DE LABORÁTORIO. (PREFERENCIA)
· DISPONIBILIDADE DE HORARIO.
· SEXO INDIFERENTE.
· EXPERIÊNCIA COMPROVADA.

5 - OPERADOR DE EMPILHADEIRA

REQUISITOS:

· CURSO DE FORMAÇÃO OPERADOR DE EMPILHADEIRA EM VIGOR.
· CNH ‘’AB’’.
· ENSINO MÉDIO COMPLETO.
· SEXO MASCULINO OU FEMININO.
· VERIFICAR SISTEMA E CONDIÇÕES DE USO E LIMPEZA DA EMPILHADEIRA, OPERAR EMPILHADEIRA PARA TRANSPORTE DE PALLETS NA LOJA E NO DEPÓSITO, ORGANIZAR E ABRIR ESPAÇOS NO ESTOQUE E NO AÉREO, OBSERVAR NORMAS DE SEGURANÇA, AUXILIAR NO BALANÇO (INVENTÁRIO).

SINE

SANTARÉM É UMA DAS 300 CIDADES DO BRASIL, CONTEMPLADA PELO GOVERNO FEDERAL NO PROGRAMA "INTERNET PARA TODOS". NO ÚLTIMO SÁBADO O MINISTRO GILBERTO KASSAB ESTEVE EM SANTARÉM A CONVITE DO DEPUTADO JUNIOR FERRARI, PARA FAZER O LANÇAMENTO DO PROGRAMA. VEJA QUANDO E COMO VAI FUNCIONAR O PROGRAMA EM SANTARÉM

Prefeito Nélio Aguiar, Ministro Gilberto Kassab 
e o Deputado Junior Ferrari


O ministro da Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, esteve em Santarém neste sábado (24), para lançar na região Oeste do Pará o "Programa Internet Para Todos", do governo federal. Na ocasião, o prefeito Nélio Aguiar anunciou a adesão do município ao Programa. A expectativa é que o prefeito assine o contrato dia 12 de março, e em maio, já receba as antenas de conexão.

O evento foi realizado no auditório do Ciam e contou com a presença de deputados, prefeitos e vereadores.

"Esse programa tem um grande valor para nossa região, pois há uma carência nas comunidades da Zona Rural (rios e planalto), por isso, daremos atenção especial às localidades com maior densidade populacional e as mais distantes da área urbana. Com isso, estaremos colaborando mais ainda para inclusão social e digital das pessoas que vivem em Santarem", ressaltou o prefeito Nélio Aguiar.

O "Programa Internet Para Todos" visa levar Banda Larga para todos os municípios do Brasil. "Esse programa traz ainda a oportunidade do governo monitorar 100% das fronteiras brasileiras, ou seja, vamos combater também o grande número de contrabando e tráfico de drogas no nosso país. Além disso, nós temos dentro desse projeto o planejamento de levar Internet banda larga para 7 mil escolas do Brasil, isso tudo ainda este ano. E esse convênio de hoje com os prefeitos da região oeste é o primeiro passo de tudo que estamos planejando", afirmou o ministro Gilberto Kassab.

Nélio Aguiar adiantou que por meio de outras articulações, buscará também tentar atender as escolas e as unidades de saúde. "É importante falarmos que o projeto não tem ônus para o município, é o município que apontará as localidades pada instalação das antenas. A partir daí entramos apenas com manutenção dessa antena, garantindo a segurança pro equipamento", explicou.

A quantidade de antenas que o município de Santarém irá receber ainda será analisada pelo Governo Federal, conforme levantamento que será apresentado pela prefeitura.

PMS

domingo, 25 de fevereiro de 2018

DE PACATA A VIOLENTA, ALTER DO CHÃO ESTÁ PERDENDO O STATUS DE "TRANQUILIDADE" PARA A BANDIDAGEM QUE COMEÇA A ASSUSTAR MORADORES DA VILA. VEJA O DESABAFO DE UMA MORADORA AO BLOG

Alter do chão


Olá JK! Gostaria de fazer um apelo à você, sei que tens credibilidade junto ao povo santareno. É o seguinte: moro em Alter do Chão, e aqui está um caos! Está havendo assalto atrás de assalto, inclusive com reféns, bandidos invadindo as casas e fazendo famílias reféns, estamos com medo de sair na rua, ir no chorinho da Glória por exemplo, que é diversão aqui para nós moradores não está dando porque temos medo de sair de casa, muitas pessoas de bem sendo roubadas, enquanto os bandidos fazem a farra, a polícia local fica fazendo hora no espetinho em vez de fazer ronda a noite, não sabemos mais á quem apelar. Foram realizadas reuniões para sanar o problema, Mas as pessoas aqui temem que nada vá acontecer, tenho amigos que estão indo embora por causa da situação, eu mesma, que fujo da violência urbana estou andando mais tranquila na cidade no que aqui, que deveria ser nosso refúgio de tranquilidade! Nós estamos com medo de acordar no meio da noite e ter uma arma apontada para nossas cabeças. Espero que você nos ajude a pedir providência aos órgãos competentes, não aguentamos mais viver nessa situação

Leitora e moradora de Alter do Chão - Via Whatsapp para o BLOG DO JK

ELEIÇÕES 2018: PRIMEIRA PESQUISA DOXA APONTA DISPUTA ENTRE O FILHO DO JÁDER BARBALHO E O DEPUTADO MÁRCIO MIRANDA PELO GOVERNO DO ESTADO. VEJA OS DADOS DA PESQUISA

Helder e Márcio disputam corrida eleitoral 
pelo governo do Pará


Primeira pesquisa Eleitoral da DOXA registrada no T.R.E sob o nº PA-02222/2018 para Governo do Estado do Pará, Senado, Presidente da República mostra o ministro Helder Barbalho liderando as intenções de voto.

Doxa realizou a pesquisa entre os dias 15 a 21 de fevereiro de 2018 com uma amostra de 2.000 entrevistas. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% dos resultados retratarem o atual

momento eleitoral. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. 

Veja abaixo dados da pesquisa:













JK

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

A CONVITE DO DEPUTADO JUNIOR FERRARI, O MINISTRO DA COMUNICAÇÃO, GILBERTO KASSAB, DESEMBARCA AMANHÃ (24) EM SANTARÉM, PARA O LANÇAMENTO DO PROGRAMA "INTERNET PARA TODOS"

Deputado Junior Ferrari com os ministros 
Gilberto Kassab e Henrique Meireles


A convite do deputado estadual Junior Ferrari, desembarca amanhã (24), em Santarém, o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação. Gilberto Kassab. O Ministro virá para o lançamento do programa "INTERNET PARA TODOS" do Governo Federal. INTERNET PARA TODOS será um serviço de internet de banda larga prestado, não será gratuito a todo a população dos municípios atendidos, mas funcionará a preços bem reduzidos. Santarém foi uma das cidades contemplada, graças também ao esforço do deputado Junior Ferrari. O lançamento será amanhã as 16 horas no prédio do CIAM, na orla de Santarém. Todos estão convidados. 

JK

JÁ É AMANHÃ A PRIMEIRA "FESTA BURGER" NO PARAÍSO SHOPPING CENTER. QUEM CONSEGUIR COMER MAIS HAMBÚRGUERES EM 15 MINUTOS, LEVA O PRÊMIO DE R$ 1.000,00 (MIL REAIS) EM DINHEIRO. A XBOM IRÁ FAZER TODOS OS HAMBÚRGUERES. A INSCRIÇÃO PODERÁ SER FEITA ATÉ AMANHÃ AS 16 HORAS E CUSTARÁ R$ 20 REAIS

Já é amanhã as 19 horas no 
Paraíso Shopping Center

O Paraíso Shopping Center lançou um desafio aos apaixonados por hambúrgueres.

Queremos saber quem consegue comer mais hambúrgueres em 15 minutos, o vencedor ou vencedora vai ganhar R$ 1.000,00 em dinheiro.

A XBOM Hambúrguer será nosso patrocinador oficial, mas não para por aí, eles irão fazer todos os hambúrgueres da disputa.

A Festa Burger é primeiro campeonato de hambúrgueres do Paraíso Shopping Center, um evento que promete muita diversão.

Com o valor de R$ 20,00 e você come o quanto aguentar e ainda corre o risco de GANHAR R$ 1.000,00.

Evento:

Inscrição: Até o amanhã (24) as 16 horas
Valor: R$ 20,00 
Endereço: Pátio Central – Paraíso Shopping Center 
Data: 24 de fevereiro Horário: 19:00

E aí, vai encarar?

Talita Borges
Gerente de Marketing

ATENÇÃO MORADORES DAS CIDADES DE; ALTAMIRA, MEDICILÂNDIA E BRASIL NOVO. PARTICIPEM DA "PROMOÇÃO CULTURAL MID & FIT VOCÊ MERECE O MELHOR" E CONCORRAM A ESSE CARRINHO ELÉTRICO PARA CRIANÇA. LEIAM O REGULAMENTO AQUI NO BLOG E SAIBAM COMO PARTICIPAR

"Promoção Cultural MID & FIT 
VOCÊ MERECE O MELHOR"


REGULAMENTO:

1) Esta promoção será válida de 21 de Fevereiro de 2018 a 05 de Maio de 2018.

2) Poderão participar da "Promoção Cultural MID & FIT “ VOCÊ MERECE O MELHOR", que tem caráter exclusivamente recreativo, doravante simplesmente "Promoção", todas as pessoas físicas, residentes nas cidades de Altamira, Medicilândia e Brasil novo ,todas localizadas no Estado do Pará e aberta a todo e qualquer consumidor, pessoa física, que preencha as condições de participação estabelecidas neste regulamento . Excluem-se da participação nesta Promoção, pessoas jurídicas, diretores, administradores e funcionários, bem como seus respectivos cônjuges e parentes em até 1º grau, das empresas que, de alguma forma, participam da organização e operacionalização da Promoção.

3) Este Concurso tem caráter exclusivamente cultural, sem qualquer modalidade de sorte ou pagamento pelos participantes nem é vinculado à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, de acordo com o disposto no art. 3º, II, da Lei nº. 5.768/71 e no art. 30, do Decreto nº. 70.951/72.

4) Este regulamento estará disponível no blog: blogdojcampos.blogspot.com.br na loja MIX ATACAREJO (Av. Tancredo neves, 2771-Premem- Altamira-PA)

5) Para participar, os interessados deverão preencher um cupom promocional e depositar na urna das lojas ; MIX ATACAREJO (Av. Tancredo neves, 2771-Premem- Altamira-PA) com seus dados e COMPLETE a frase: "Com os refrescos MID ou FIT eu ?".

6) A frase deverá ser inédita, de autoria do próprio participante e não poderá ter conteúdo que atente contra a lei, a moral e os bons costumes, bem como não poderá conter palavras de baixo calão, palavrões ou ofensas ao nome ou à moral de qualquer pessoa ou entidade e, ainda, não poderá instigar atividade ilegal ou criminosa, conter palavras que incitem à violência ou que façam referência desonrosa às pessoas, locais, obras culturais, crenças, cor, raça, sexo, além daquelas protegidas por direitos autorais.

7) Os participantes poderão se inscrever neste concurso quantas vezes desejarem ,porém somente serão selecionados uma única vez.

8) A tentativa de participação no Concurso Cultural por meios distintos aos descritos neste Regulamento, bem como a sua realização fora do prazo, não serão consideradas como válidas e, nesses casos, serão desconsideradas.

9) Todos os participantes que assim procederem, terão suas respostas julgadas por uma comissão criada pela Durães Distribuidora composta por três membros, com base nos seguintes critérios:

1. Criatividade
2. Originalidade
3. Correção gramatical
4. Adequação ao tema proposto

A comissão julgadora ficará encarregada da escolha das três melhores respostas, de acordo com os critérios acima.

10) O (a) interessado(a) em participar do Concurso decara, desde já, ser responsável pela autoria da frase encaminhada e que a mesma não constitui plágio ou violação de quaisquer direitos autorais patrimoniais de terceiros, ao mesmo tempo em que cede e transfere para a Realizadora, sem quaisquer ônus para esta e em caráter definitivo, plena e totalmente, todos os direitos autorais sobre a mesma, para qualquer tipo de utilização, publicação, reprodução por qualquer meio ou técnica, e na divulgação do resultado.

11) As respostas deverão ser depositadas nas urnas até a seguinte data e hora :

05 de Maio 11 horas da manhã.

O nome do vencedor será divulgado na seguinte data e no seguinte local:

11 de Maio as 09 horas da manha ; MIX ATACAREJO (Av. Tancredo neves, 2771-Premem- Altamira-PA)

12) O vencedor poderá ser contemplado com a seguinte premiação:

Um (01) JEEP Nevada Elétrico (BRINQUEDO FOTO)

13) As entregas dos prêmios serão realizadas nas residências dos contemplados no prazo de até 15 (quinze )dias após a divulgação dos resultados, sem ônus para os mesmos .Prescreve em 180 (cento e oitenta) dias o prazo para qualquer reclamação relativa à premiação ou à entrega do prêmio.

14) O prêmio é intransferível, não sendo permitido ao contemplado trocar o seu prêmio por qualquer outro, mesmo que de igual valor, nem ainda pelo valor em dinheiro ou comercializá-lo.

15) O participante vencedor deverá assinar um Termo de Recebimento do prêmio no ato do recebimento do mesmo, sendo que a sua recusa impossibilitará a entrega, podendo inclusive gerar a perda do prêmio.

16) Os participantes, incluindo os participantes vencedores deste Concurso Cultural, declaram desde já serem autores das frases apresentadas, não tendo cometido plágio ou nenhuma outra forma de apropriação autoral vedada pela lei e, ao mesmo tempo, cedem e transferem à Realizadora, em caráter definitivo, irretratável e irrevogável, sem nenhum ônus ou custo, todos os direitos autorais sobre os referidos textos para qualquer tipo de utilização, publicação, reprodução por qualquer meio ou técnica, especialmente quando da divulgação do resultado, não podendo nada reclamar da Realizadora (aqui abrangidas as empresas do mesmo grupo econômico), a qualquer tempo e lugar e a qualquer título. Com a referida cessão e transferência, a Realizadora passa a ser a detentora dos direitos autorais e patrimoniais, de tal forma que lhe é permitido, inclusive, ceder e transferir a terceiros tais direitos.

17) Os participantes do Concurso Cultural, incluindo o participante vencedor, assumem total e exclusiva responsabilidade a respeito de quaisquer reivindicações de terceiros que se sintam prejudicados pela cessão dos direitos de autor.

18) O participante concorda, ainda, em isentar a Realizadora de qualquer obrigação ou responsabilidade civil reivindicada por terceiros que possa surgir em decorrência da sua participação no Concurso ou de alguma forma a ela estar relacionada, incluindo qualquer responsabilidade ou despesa proveniente de reclamações, perdas, danos, ações judiciais, sentenças, custos de processos ou honorários, de qualquer tipo e natureza. Em tais casos, a Realizadora notificará o participante por escrito quanto à reclamação, ação judicial ou procedimento.

19) Não poderão participar deste Concurso Cultural os prepostos com função de gestão, sócios, diretores, executivos, funcionários e terceirizados da Realizadora, aqui incluídas empresas coligadas, subsidiárias ou demais que pertençam ao mesmo grupo econômico. Além destas, não poderá participar do Concurso Cultural qualquer pessoa ou funcionário de organização que esteja, direta ou indiretamente, envolvido em qualquer aspecto desta Promoção.

20) Na hipótese de o vencedor vir a ser desclassificado ou perder o direito a receber a premiação por qualquer motivo, a Realizadora poderá premiar, a seu exclusivo critério, o texto que, de maneira subseqüente, melhor se adequaria aos seus critérios de eleição do vencedor.

21) Eventuais dúvidas e controvérsias podem ser dirigidas pelo participante por meio de contato com a Realizadora pelo e-mail apoio_vendas_duraes@outlook.com e serão dirimidas e resolvidas por uma Comissão designada para tanto. Não sendo satisfeita a dúvida suscitada pelo participante, este poderá apresentar reclamação fundamentada junto a um dos órgãos de proteção ao consumidor.

22) Durante o período do Concurso Cultural, a Realizadora não ficará obrigada a prorrogar o prazo de sua vigência, dando-se por encerrada no prazo estipulado neste Regulamento, salvo decisão em contrário.

23) Toda e qualquer situação não prevista neste Regulamento, bem como eventuais casos omissos, serão decididos, exclusivamente, pela Comissão Julgadora do Concurso.

24) A Comissão se reserva o direito de, a seu exclusivo critério, alterar os termos deste Regulamento, informando previamente os participantes deste Concurso Cultural e sempre buscando assegurar a transparência e legalidade deste Concurso sem prejuízo de seus participantes.

25) A participação neste Concurso Cultural caracteriza a leitura e aceitação total e irrestrita dos termos e condições deste Regulamento e serve como declaração de que o participante vencedor não tenha quaisquer embaraços fiscais, legais ou outro que o impeça de receber e/ou usufruir o prêmio distribuído.

26) Os contemplados concordam em autorizar o uso de suas imagens e som de voz em qualquer tipo de mídia e peças publicitárias ou promocionais para a divulgação da conquista dos prêmios, sem quaisquer ônus para quaisquer das empresas ou pessoas físicas responsáveis envolvidas com a presente campanha.

27) Caso seja impossível a localização do ganhador, com base nos dados fornecidos, o concorrente será desclassificado e substituído por um segundo colocado e assim sucessivamente.

28) A Durães Distribuidora não se responsabilizam pela correção dos dados fornecidos no ato da inscrição na Promoção.

29) O Grupo Mateus apenas está cedendo espaço para divulgação do concurso não tendo nenhum envolvimento com o mesmo.

30) A participação neste Concurso NÃO está vinculada à aquisição de qualquer produto, bem ou serviço e a apuração dos vencedores não está sujeita a qualquer tipo de álea ou sorte, de acordo com o artigo 3º parágrafo 2º da lei 5768/71.

31) Os participantes, ao fazerem suas inscrições, manifestam sua total concordância com as regras desta Promoção.

32) Os participantes concordam expressamente, pelo simples ato de inscrição e participação, que a Durães Distribuidora não será responsáveis por qualquer dano ou prejuízo oriundo da aceitação do prêmio e de sua participação na Promoção.

33) Serão automaticamente excluídos os participantes que tentarem fraudar ou burlar as regras estabelecidas neste Regulamento, o qual poderá ser alterado por motivo de força maior, ou que se recusarem a assinar os recibos de entrega dos prêmios.

34) Os vencedores desta promoção em caráter exclusivo, geral, irrevogável e irretratável, em território nacional autorizam o uso do direito de sua imagem, podendo a realizadora, a seu exclusivo critério, utilizar, reproduzir, publicar e divulgar a sua Imagem e Depoimento, no todo ou em parte, a qualquer título ou pretexto, por todos os meios, tecnologias, formas, suportes físicos e/ou eletrônicos, incluindo, mas não se limitando a catálogos, “outdoors”; encartes; folhetos; press-release; anúncios em jornais e revistas; matérias promocionais em quaisquer veículos de mídia, cartazes, convites, crachás, agendas, calendários, pôsters, materiais de ponto de venda e/ou de exposições e feiras comerciais ou promocionais (inclusive “display” americano, “banners” de vitrine e de interior de loja, painéis de vitrina e de interior de loja, fachadas de loja, sacolas, mala direta impressa ou eletrônica, cartão postal e adesivo de vitrina), empena, “backlight”, “frontlight”, páginas da empresa ou de suas controladas na internet e CD-ROM institucional - de ora em diante denominados simplesmente (“MÍDIAS”).

Distribuidora Durães

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

APÓS SER PRESO NA TARDE DE ONTEM NA "OPERAÇÃO ECSTASY" DA POLÍCIA FEDERAL EM SANTARÉM, ADVOGADOS CONSEGUIRAM QUE UM DOS ACUSADOS, PEDRO HENRIQUE, RESPONDA O PROCESSO EM LIBERDADE. SEGUNDO OS ADVOGADOS, PEDRO É APENAS SUSPEITO, E SERÁ AO LONGO DO PROCESSO DEFENDIDO E PROVADO QUE NÃO TRATA-SE DE UM TRAFICANTE, COMO FOI VINCULADO PELA MÍDIA

Pedro Henrique com seus advogados, após 
ser colocado em liberdade na tarde de hoje

Após audiência de custodia realizada na 1ª Vara da Justiça Federal de Santarém, o Excelentíssimo magistrado Felipe Gontijo Lopes, acolheu o pedido dos advogados de defesa, Dr. Amil Oliveira e Dr. Alessandro Moura, para conceder a liberdade de Pedro Henrique Azevedo Colácio, o qual responderá o processo em liberdade. A defesa ressalta que Pedro Henrique Azevedo Colácio é suspeito e será ao longo do processo defendido e provado que não trata-se de um traficante, como prematuramente veiculado na mídia.

Wellington Ferrari, preso junto com o Pedro na amanhã de ontem, não conseguiu a liberdade e vai responder o processo preso na penitenciária de Cucurunã. 

JK com informações dos advogados Dr. Amil Oliveira e Dr. Alessandro Moura

PERUANO É O TERCEIRO PRESO DA "OPERAÇÃO ECSTASY" REALIZADO PELA POLÍCIA FEDERAL EM SANTARÉM, JOSÉ HEDY MALCA, FOI PRESO EM FLAGRANTE NA MANHÃ DE HOJE PELO CRIME DE CONTRABANDO E COMERCIALIZAÇÃO ILEGAL DE PRODUTOS PARA FINS TERAPÊUTICOS OU MEDICINAIS DE PROCEDÊNCIA IGNORADA

Peruano preso na manhã de hoje, foi o terceiro 
preso na "Operação ecstasy" da Polícia Federal


Na manhã de hoje, (22), a "Operação Ecstasy" teve seu desdobramento com o cumprimento de 4 (quatro) Mandados de Busca a Apreensão, todos no Município de Santarém. Cerca de 20 policiais realizaram as buscas. Em um dos locais, foram encontrados vários medicamentos de uso proibido no Brasil de procedência estrangeira, uma quantidade considerável de medicamentos de venda controlada de procedência desconhecida, além de uma grande quantia em dinheiro totalizando mais de 72 mil reais. 

O responsável pelo material, José Hedy Fernandes Malca, 50 anos, nacionalidade peruana, foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal de Santarém para ser autuado em flagrante pelo crime de contrabando e comercialização ilegal de produtos para fins terapêuticos ou medicinais de procedência ignorada. 

O material foi apreendido e será submetido à perícia e análise. A deflagração da operação também contou com a participação de servidores da Receita Federal do Brasil e da Vigilância Sanitária Municipal de Santarém. 

A investigação visa colher provas da participação dos envolvidos em Tráfico de Drogas, Adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e Contrabando.






JK com informações da Assessoria de Comunicação Social Delegacia de Polícia Federal de Santarém

EM BUSCA DOS SEUS SONHOS, SANTARENA FAZ DESABAFO AO BLOG. UMA VIAGEM QUE ERA PRA DURAR 8 HORAS, DUROU 27 HORAS. A TRISTE REALIDADE DE QUEM PRECISA USAR A TRANSAMAZÔNICA

O desabafo de quem vive nessa realidade

O descaso governamental para com a rodovia transamazônica não é novidade. Umas das maiores estradas do Brasil, com cerca de 4000 km. Diversas vezes já ouvi relatos sobre atoleiros e as enormes filas de caminhões. Ate aí tudo bem, como diz o ditado: "Pimenta nos olhos do outros é refresco". Passei na Faculdade de Medicina UFPA Altamira, aproximadamente 600 km distante da minha cidade natal, Santarém. Aprendi desde muito cedo que devemos lutar pelos nossos sonhos. Pois bem, no dia 18 eu e um grupo de amigos saímos de Santarém para realizar nossa habilitação na tão sonhada faculdade de medicina. Como o meio de transporte mais comum para fazer essas conexões intermunicipais é o ônibus, compramos a passagem para chegar ao nosso destino. A ida foi um pouco tumultuada, mas graças a Deus chegamos a tempo, pois dependendo do horário de chegada nós poderíamos até mesmo perder a vaga. No entanto, a vinda para Santarém foi um terror. Saímos de Altamira às 19 horas e às 23 horas em um trecho entre Medicilândia e Uruará, ficamos presos em um atoleiro com filas enormes de caminhões por cerca de 13 horas. Sem água, sem área telefônica e comida. Só conseguimos sair desse atoleiro às 11 da manhã. Além desse, atolamos mais 2 vezes, porém duraram cerca de 2 horas apenas cada um. Ou seja, uma viagem que dura 8 horas segundo o google maps, durou 27 horas. Quem passa por essa situação todos os dias está até acostumado, mas como é que da para se contentar com essa situação precária? Nós não devemos nos acostumar. Sabemos que esse é um ano de eleições e muitos políticos se aproveitam dessa situação para conseguir votos com a promessa de asfaltar a transamazônica. Não podemos ficar omissos a tamanho descaso. No final, todos sofrem com o encarecimento dos produtos , já que essa rodovia é muito importante economicamente para o Pará. Esses preços doem no nosso bolso. Além disso, pessoas doentes saem de suas cidades em busca de tratamento nas regiões vizinhas e acabam piorando. Essa estrada também interliga sonhos, empregos e esperança em dias melhores. Eu sei que pouco vai adiantar esse meu relato, mas creio que estou contribuindo para dar visibilidade a esse problema. Se todos nós fazermos nossa parte através de denúncias, valorizando nosso voto e indo á luta contra essa corrupção que ceifa vidas e é o mal do Brasil, venceremos. Enfrentaria chuva, mosquitos e atoleiros novamente só para ver meu sonho de ser médica se concretizando, porém eu sei que pagamos impostos caríssimos e acredito que a nossa população merece respeito. 

Somos humanos, somos paraenses e somos vencedores!

Leitora e futura médica, Ana Beatriz - Via Whatsapp para o BLOG DO JK

ESSES SÃO OS DOIS TRAFICANTES PRESOS NA MANHÃ DE ONTEM PELA POLÍCIA FEDERAL, NA "OPERAÇÃO ECSTASY", EM SANTARÉM. "PEDRO HENRIQUE E WELLINGTON FERRARI", FORAM PRESOS EM FLAGRANTE PORTANDO 500 SELOS DE DROGA SINTÉTICA. VEJA FOTOS DA OPERAÇÃO NA MANHÃ DE HOJE, ONDE MAIS UM FOI PRESO

Os dois foram presos em flagrante na manhã 
de ontem pela Polícia Federal em Santarém

A Polícia Federal deflagrou ontem, quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018, a Operação Ecstasy, que teve início com a prisão em flagrante de duas pessoas, Pedro Henrique Azevedo Colacio, 25 anos e Wellington Ferrari Augusto Ribas, 30 anos, portando 500 selos de droga sintética com características de LSD. Os suspeitos foram presos no momento em que tentavam retirar a encomenda que havia chegado pelos correios em um envelope. 

Na manhã de hoje, (22), a operação teve seu desdobramento com o cumprimento de 4 (quatro) Mandados de Busca a Apreensão, todos no Município de Santarém. Cerca de 20 policiais realizaram as buscas. Em um dos locais, foram encontrados vários medicamentos de uso proibido no Brasil de procedência estrangeira, uma quantidade considerável de medicamentos de venda controlada de procedência desconhecida, além de uma grande quantia em dinheiro totalizando mais de 72 mil reais. 

O responsável pelo material foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal de Santarém para ser autuado em flagrante pelo crime de contrabando e comercialização ilegal de produtos para fins terapêuticos ou medicinais de procedência ignorada. 

O material foi apreendido e será submetido à perícia e análise. A deflagração da operação também contou com a participação de servidores da Receita Federal do Brasil e da Vigilância Sanitária Municipal de Santarém. 

A investigação visa colher provas da participação dos envolvidos em Tráfico de Drogas, Adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais e Contrabando. 

Veja abaixo fotos da operação:







*O nome da operação se deve a um tipo de droga sintética.

JK com informações da Assessoria de Comunicação Social Delegacia de Polícia Federal de Santarém