sábado, 5 de março de 2016

SARGENTO DA POLÍCIA MILITAR QUE MATOU JOVEM EM 2005 NO BAIRRO JARDIM SANTARÉM, É CONDENADO A 15 ANOS DE PRISÃO EM SANTARÉM

O sargento Jailson Rebelo Picanço 
foi condenado 
a 15 anos

O Tribunal do Júri, Comarca de Santarém, condenou o sargento da Polícia Militar, Jailson Rebelo Picanço pelo assassinato do jovem Josimar Almeida, ocorrido em outubro de 2005, no bairro Jardim Santarém. O julgamento foi realizado em dois dias, quinta (3) e sexta (4), no Fórum de Justiça. A pena aplicada foi de 15 anos, inicialmente em regime fechado.

Por maioria de votos, os jurados decidiram pela condenação do policial com o argumento de que ele agiu por motivos fúteis, por ciúmes da enteada, uma vez que desaprovava o namoro dela com a vítima. Ainda segundo os jurados, o réu agiu mediante recurso que tornou impossível a defesa da vítima.

Com a condenação, Jailson perderá o cargo de militar, pois demonstrou incompatibilidade com as funções que deveria desempenhar como guardião da ordem pública.

Os outros dois policiais militares réus no processo, Rogério dos Santos Rabelo e Sivaldo Pereira da Silva foram absolvidos após o júri acatar o pedido do Ministério Público.

O crime

Vítima Josimar Almeida, de 20 anos,foi morto em 2005

De acordo com o Minitério Público (MP), o crime aconteceu no bairro Jardim Santarém, no quintal da casa de Josimar Almeida, à época com 20 anos. Era noite quando Josimar teria participado de uma confusão em um bar no bairro e os policiais foram chamados ao local. Segundo o MP, a vítima morreu após ser atingida com um disparo de arma de fogo. Consta ainda na denúncia que o motivo do crime foi o fato de Josimar ter namorado com uma enteada de Jailson, e que por isso tinha por ele um sentimento de ódio.

JK com informações do G1

Um comentário:

  1. Era um vagabundo o falecido , mas fazer o que!

    ResponderExcluir