quarta-feira, 23 de agosto de 2017

OBRAS DO PAC NA ORLA DE SANTARÉM JÁ ESTÃO EM FASE DE URBANIZAÇÃO

As obras de saneamento de esgotamento sanitário na Avenida Tapajós, em Frente ao Mercado Modelo, estão na fase de urbanização. 

A prefeitura de Santarém, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), coordenado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), está trabalhando no tratamento de esgoto, que significa um grande salto para o desenvolvimento da infraestrutura local, além de proteger o meio ambiente e proporcionar a melhoria na qualidade de vida da população.

Sob a responsabilidade da empresa Carmona Cabreira Engenharia e Consultoria, a fase de urbanização contempla assentamento de ladrilho, execução de guarda corpo, finalização da construção de escada de acesso, bancos e canteiros na orla da cidade. A obra está sendo realizada entre Augusto Meira e Visconde do Rio Branco.

Os serviços fazem parte da execução de obras de saneamento de esgoto sanitário dos bairros: Laguinho, Fátima, Caranazal, Aparecida, Aldeia, Centro, Santa Clara, Santíssimo e Prainha, com o valor de R$31.692.245,07. Os serviços na área de abrangência da obra estão em fase de levantamento topográfico e análise da rede existente para as ligações domiciliares, e , após a baixa do rio, será dado o reinício da escavação da Avenida Tapajós, para instalação do coletor tronco, que será executado até a travessa Assis de Vasconcelos, na qual será construída a Estação Elevatória de Esgoto (EEE).




Ailanda Tavares, assessora de comunicação da SEMINFRA

RUAS DO BAIRRO JARDIM SANTARÉM COMEÇAM A RECEBER ASFALTO. AVENIDA HORTÊNCIA FOI A PRIMEIRA NO DIA DE ONTEM

Ruas do bairro Jardim Santarém recebem asfalto

As vias do bairro Jardim Santarém estão sendo preparadas para receber asfalto. As travessas Sorriso de Maria, Bugavile e Papoula já receberam serviços de drenagem, terraplenagem e compactação da base. As equipes trabalharam no assentamento do meio fio, nas calçadas e colocaram o CBUQ-Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP).

Na tarde desta terça-feira (23), a Avenida Hortência recebeu o asfalto e logo após será a Alameda 8. O trabalho de pavimentação iniciou em maio, depois que a Prefeitura de Santarém quitou os débitos junto à Receita Federal.




Ailanda Tavares, assessora de comunicação da SEMINFRA

AUDIÊNCIA NA MANHÃ DE HOJE NO FÓRUM DE SANTARÉM, TENTA CONCILIAÇÃO ENTRE MINISTÉRIO PÚBLICO E CÂMARA MUNICIPAL SOBRE GASOLINA PARA VEREADORES

Audiência será uma tentativa de conciliação entre as partes diante do impasse.

Nesta quarta-feira, (23/08) a partir das 10h00, o juiz Claytoney Passos Ferreira, titular da 6ª Vara Cível e Empresarial (6VCE) preside a audiência de Conciliação no processo 0012634-15.2017.8.14.0051, que tem como autor o Ministério Público contra a Câmara Municipal, referente às distribuição de cotas de gasolina aos vereadores. O MP vem apurando na Operação Perfuga que na gestão do vereador Reginaldo Campos, houve grande quantidade de gasolina rateada entre os vereadores sem uma definição de quando e onde o combustível foi utilizado.


No início do mês, o juiz Claytoney acatou pedido liminar para suspender essa prática até o julgamento do mérito. A audiência será uma tentativa de conciliação entre as partes diante do impasse.

No documento abaixo, a decisão do juiz que suspendeu o fornecimento de combustível e definiu a realização da audiência.

JK com informações do analista judiciário, Jota Ninos

terça-feira, 22 de agosto de 2017

O OUTRO LADO DA HISTÓRIA CONTADA POR PATRÍCIA KALIL, DE ALTER DO CHÃO PARA O "SITE ENVOLVERDE", SOBRE O PROFESSOR DOUTOR DA UFOPA QUE DESACATOU A POLÍCIA E FOI PRESO NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA (18). "VIOLÊNCIA NO PARAÍSO: REDUTO DO TURISMO NO PARÁ VIRA CENÁRIO DE TERROR"

Tábata Morelo Vianna e Pedro Leal, funcionária 
do Ibama e professor universitário

ALTER DO CHÃO, 18 de agosto de 2017, sexta-feira, começo da noite. Viaturas e viaturas de uma operação especial com a Polícia Militar, a Força Tática, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e a Vigilância Sanitária desembarcam na pacata vila amazônica de surpresa. Montam uma blitz na entrada do balneário, enquanto outros policiais armados vão à Praça 7 de Setembro, o principal ponto de encontro da vila. Ao avistarem uma mulher tomando uma latinha de cerveja, aproximam-se e começam a intimidá-la por consumir bebida alcóolica na frente de crianças. Ela é funcionária da FUNAI e tenta dialogar. Pressionada, Tábata senta com dois de seus filhos cercada por policiais armados e fica à espera de seu companheiro que está no mercado.

Quando o professor universitário Pedro chega com o terceiro filho do casal no colo, a família já está desesperada. As crianças choram. O pai coloca o filho no banco. Um morador filma a confusão (AQUI). Sem psicologia ou tato, os oficiais cercam o pai moreno e alto, não pedem nem seus documentos ou sequer explicam o motivo de tanta agressividade na abordagem. Pedro, já exaltado, pede que não encostem nele, defendo-se. Em menos de 30 segundos, a polícia avalia o comportamento do pai como afrontador e declara crime de desacato. Sem qualquer chance de diálogo ou mesmo escuta, o antropólogo recebe voz de prisão. A partir daí, nos próximos minutos, o que assistimos é a uma cena constrangedora. Pedro é violentamente empurrado, tem sua camiseta rasgada, é arrastado em praça pública na frente dos filhos, recebe um golpe mata leão até ser algemado e levado para a delegacia. Gritaria e pânico. A polícia, que poderia ter sido amiga e cuidadosa, assusta quem deve proteger. O fim de semana foi inteiro assim, com fechamento de lanchonetes, bares e restaurantes antes da hora. Até mesmo músicos do carimbó foram parados em abordagem intimidadora.

Vamos conversar sobre o que está acontecendo? Investigar o crescimento de assaltos à mão armada na vila conhecida por ter a praia de água doce mais bonita do Brasil é diferente de tratar moradores com arbitrariedade policial. Somos todos cidadãos. A polícia em uma comunidade pequena pode conhecer os moradores e ser aprazível com turistas para defendê-los. De forma pacífica e amistosa, a presença de policiais nunca deveria causar medo, mas conforto. É inaceitável levarmos isso com normalidade. Com esse tratamento, os únicos que não serão presos são os assaltantes, que de maneira mais óbvia, sabem exatamente onde não agir: na praça. Leia abaixo entrevista com Tábata:

Dentro do contexto social da vila e levando em conta os elementos de convivência daqui, vocês estavam fazendo algo suspeito ou ilegal, apresentando qualquer ameaça?

Tábata Morelo Vianna— Nós estávamos fazendo o que várias famílias fazem em Alter do Chão. Levamos nossos filhos para andar de bicicleta, jogar bola, brincar com outras crianças e enquanto isso tomávamos cerveja e conversávamos com outros pais e amigos que estavam na praça. Chegamos na praça depois do pôr do sol e o incidente ocorreu por volta de 20h30.

Como você foi abordada pela polícia? Segundo nota oficial da Secretaria de Segurança Pública do Pará (Segup), você estava alcoolizada e foi ameaçadora.

Tábata —  Ainda não estou em condições emocionais de relatar todo o acontecido, mas adianto que foram muitos policiais em minha direção e quando eles começaram me acusar, um dos meus filhos saiu de perto e o perdi de vista. Fiquei desesperada por não vê-lo e os policiais ficaram na minha frente, impedindo minha visão e repetindo que eu estava bêbada e por isso perdi meu filho. No entanto esse era o filho que eles acusaram de estar perto da bebida (no banco onde estávamos). Peguei o menor no colo e fui procurar o outro com medo de que ele fosse pra rua. Retornei ao banco da praça com os dois no colo. Eram vários policiais armados me cercando e repetindo acusações. Não havia ninguém do conselho tutelar.

“Registra-se o direito do cidadão aos momentos de convivência com a família, prática comum no lugar que é marcado por atividades turísticas e por laços solidários entre os moradores. Ressalta-se a necessidade de respeito aos direitos humanos, principalmente em situações que envolvam mulheres e crianças. É necessário que as instituições de segurança incorporem em suas práticas o diálogo, buscando resolver os conflitos com entendimento, sem descontrole” — Trecho de nota pública da Reitoria da UFOPA

Vamos falar sobre o momento em que Pedro chega. Em menos de um minuto, antes mesmo de se inteirar da situação de crise, a conduta policial é tão autoritária, com armas diante dos filhos, encurralando o professor no canto da praça, que é natural esperar que qualquer ser humano tenha uma resposta mais emocional. Sem grande motivo, decretam voz de prisão a um pai que está chegando do supermercado e vendo sua família cercada por homens armados que não sabem dialogar. Como foi na delegacia? Como o delegado viu o caso? O que está acontecendo agora?

Tábata — O Pedro deu depoimento algemado (com os braços para trás), sem camisa, sem chinelo. Eu estava do lado de fora do vidro, também descalça, com as 3 crianças sozinha. Não deixaram nenhum amigo entrar na delegacia para me ajudar com as crianças. Elas viram o pai algemado. Enquanto o Pedro estava prestando depoimento vários policiais ficaram em volta de mim e das crianças, o conselheiro tutelar fez perguntas pra mim ali no corredor. Várias pessoas do juizado de menores estavam ali presentes conversando apenas com os policiais. Não sei como o delegado está vendo o caso, não temos essa informação. Agora estamos tentando nos organizar para tomar as medidas cabíveis.

“É um ato contra os direitos do cidadão a coação pela violência policial de forma arbitrária e excessiva, e que não deveria condizer com a prática de uma instituição que deve defender os direitos das famílias de estarem em local público, e dever do Estado de prestar segurança social a todos os cidadãos, bem como esclarecer os motivos de atuação junto a população, evitando os conflitos e métodos que há muito devem ser expurgados das instituições policiais”. — Trecho de nota pública do Sindicato dos Professores da Universidade Federal

Como estão as crianças?

Tábata — As crianças estão muito mal, estão agressivas e com medo de sair de casa. Meus filhos falam que não querem nunca mais ir à praça ou na praia. Eles ficam com medo se eu ou meu companheiro saímos de casa (para comprar pão, por exemplo). Perguntam se a polícia vai estar na padaria e se o pai vai ser preso. Estamos muito abalados, a família como um todo.

“Não há dispositivo no ECA que proíba pai ou mãe de beber, a lei fala que o infante não pode beber, mas pais podem se divertir com seus filhos e esse é um direito da família que está no estatuto e na Constituição Federal. O fato é que ninguém pode proibir um pai e mãe de beber e dizer que o filho está exposto a risco em praça pública. Qual era a exposição ao perigo? — agente voluntário de Proteção da Criança e do Adolescente pela 5° vara do fórum de Santarém

Como é a sensação de ser tratado como foram?

Tábata — Nem os ditos “bandidos” devem ser tratados da forma como fomos tratados. Não existia nenhuma denúncia contra nós, não foram pedidos nossos documentos, estavamos sendo conduzidos arbitrariamente, sem intimação, sem nada, na frente dos nossos filhos, por justamente estarmos perto deles. Nossos filhos presenciaram uma violência que nunca haviam visto (nem pela televisão, pois não possuímos televisão). A sensação é péssima, estamos muito mal, preocupados com as crianças, estamos com medo. Não desejamos essa sensação para ser humano nenhum.

Vocês estão recebendo algum apoio?

Tábata —  Estamos recebendo apoio de muita gente e instituições, muitos amigos queridos e pessoas anônimas. Esse apoio nos dá força para não desabarmos. Agradecemos imensamente a cada um.

Nos últimos meses, estamos vivenciando um crescimento de assaltos em Alter do Chão, com reivindicações dos moradores por mais investigações. Vocês participaram dessas manifestações?

Tábata — Não participamos fisicamente (porque sempre estamos com as crianças e não foi possível estar lá com os companheiros), mas damos total apoio às reivindicações postas em pauta.

Como vocês acham que a segurança pública em Alter do Chão, uma vila turística, pode ser melhorada?

Tabata — Essa é uma pergunta difícil. Nesse momento estamos vivendo o medo, e pensar em segurança quando se está com medo… Não sei o que dizer. Fico com medo de dizer.

A Anistia Internacional mostrou em relatório esse ano o crescimento da violência policial no Brasil acompanhando do fortalecimento de um discurso discriminatório contra minorias. Vocês acham que isso está acontecendo também em Alter do Chão? Quem são as minorias?

Tábata — As minorias são as de sempre, populações marginalizadas: pretos, pobres, indígenas, quilombolas, praticantes de religiões de matriz africana, mulheres, LGBT, trabalhadores rurais, imigrantes e qualquer movimento social, população ou indivíduos que ponham em questão o poder dominante.

No ano passado, na mesma praça, também um pouco antes do Sairé (festa tradicional da Vila), artesões de rua foram expulsos de maneira violenta. A ação não foi filmada e não repercutiu nas redes sociais da vila (grupos de whatsapp) com a mesma velocidade. É possível fazer um paralelo entre esses dois acontecimentos?

Tábata —  É possível fazer esse paralelo, muito pertinente, mas agora não tenho condições de alongar esse tema. O que posso dizer é que os “hippies” nunca foram ameaça a ninguém, inclusive, como eles (que não são diferentes de cada um de nós) estão sempre na praça, conhecem nossos filhos pelo nome, tratam todas as crianças bem, levam seus filhos também para brincar na praça. Obrigada também a eles que estavam lá e nos apoiaram nesse momento difícil.

Fonte: Site: Envolverde

OPINIÃO DO DEPUTADO FEDERAL WLADIMIR COSTA. "REGINALDO CAMPOS SAIRÁ COMO VÍTIMA! O POVO VAI SE MULTIPLICAR POR 10 E O FARÁ DEPUTADO ESTADUAL, OU ATÉ FEDERAL. FALTAM PEÇAS NESSA QUEBRA CABEÇA. AGUARDEM!

Deputado Wladimir Costa

Eu ouvi o tal áudio mais de 5 vezes, pelo amor de Deus amigos, vou pedir para extirpar os meus ouvidos, pois, eu sou surdo, ou devo não possuir tímpanos apurados, ou talvez não possuo os ouvidos que a maioria dos senhores da ética e da moralidade de santarém devem possuir, já que eu não ouvi literalmente nada nesta gravação que pudesse servir como robusta prova, para prender alguém, que em momento algum ofereceu algum tipo de resistência, perigo de fulga, assédio às testemunhas. ele é réu primário, tem residência fixa e atendeu a todos os chamamentos da justiça. Então pelo menos me digam que; "o áudio esta incompleto!", me envie a parte que, por ventura o Reginaldo fala em desvio de combustível, favorecimento aos tais laranjas, atividades que caibam a acusação etc... Tinha derrame de combustível aos vereadores? afinal quem são eles? e dono do posto? algo minimamente consistente, palpável. por gentileza, peço a vossa atenção: tenho 30 anos como profissional de marketing, 30 anos como radialista e apresentador de TV, graduado em jornalismo institucional em brasília, 15 anos consecutivos, como deputado federal que, de fato, significa algo comparado como "mestrado" na área, e lhes digo que, Reginaldo campos sairá como vítima!! o povo vai se multiplicar por 10 e o fará deputado estadual, ou até federal. 

aguardem!

faltam peças neste quebra cabeça.

Wladimir costa, deputado federal - SOLIDARIEDADE - PA

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

BRIGA DE GENTE GRANDE. PRESIDENTE DA OAB-SANTARÉM, UBIRAJARA BENTES, VAI MOSTRAR PRA SOCIEDADE SANTARENA QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO E O PRESIDENTE DO INQUÉRITO, VIOLARAM A LEI E DESCUMPRIRAM ORDEM JUDICIAL COM RELAÇÃO A PRISÃO DOS DOIS ADVOGADOS NA "OPERAÇÃO PERFUGA"

Presidente da OAB-Santarém vai provar com fatos que o MP e o delegado do inquérito descumpriram a lei

Recebi agora a tarde, um telefonema do presidente da OAB-Santarém, Ubirajara Bentes filho, e o mesmo me afirmou que ira provar e apresentará provas a imprensa e a toda a sociedade santarena, que os representantes do Ministério Publico, e o presidente do inquérito, o delegado Castro, violaram a lei e descumpriram ordem judicial, com a relação a prisão dos advogados, condução coercitiva e apreensão de bens pertencentes aos advogados na "operação Perfuga". Amanhã ou depois de amanhã ele convocará a imprensa para apresentar os fatos citados acima. 

JK
Foto: Blog do Alailson Muniz

ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO PARÁ (AMPEP), EMITE NOTA DE DESAGRAVO E REPÚDIO CONTRA AS DECLARAÇÕES OFENSIVAS E INVERÍDICAS DO PRESIDENTE DA OAB-SANTARÉM, UBIRAJARA BENTES, SOBRE O EXCESSO NAS PRISÕES DE DOIS ADVOGADOS NA OPERAÇÃO "PERFUGA" PELO MP E POLÍCIA CIVIL

Ministério Público em Santarém

A Associação do Ministério Público do Estado do Pará (Ampep), entidade de classe que congrega os membros do Ministério Público do Estado do Pará, vem a público desagravar e repudiar as declarações a respeito da operação Perfuga que investiga crimes de peculato, falsificação de documento público, corrupção e associação criminosa, envolvendo agentes públicos na Câmara Municipal de Santarém. Os promotores de justiça José Augusto Nogueira Sarmento e Ramon Furtado Santos participaram da ação, feita em conjunto com a Polícia Civil. Esta Associação repudia veemente as ofensivas e inverídicas declarações proferidas contra o Ministério Público por meio do presidente da subseção da OAB, Ubirajara Bentes de Souza Filho, durante entrevista coletiva realizada na sexta-feira (18).

Com o objetivo de elucidar os fatos, a Ampep presta os seguintes esclarecimentos:
- Os advogados alvo da ação foram transportados em carros do Ministério Público, sem uso de viaturas. Suas imagens e nomes foram preservados. Após a prisão, a custódia passa a ser da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE). Em recente reunião realizada na Vara de Execução Penal ficou acertado que enquanto a OAB está viabilizando a construção da Sala de Estado Maior na penitenciária local os custodiados continuarão a serem destinados ao quartel de Corpo de Bombeiros.

- O artigo do Estatuto da Advocacia (Lei 8.906/1994) que trata da necessidade comunicação expressa à seccional da OAB não faz referência acerca da forma e prazo. Cabe frisar que esta formalidade foi cumprida pelo Ministério Público por meio do envio de mensagem formal e clara ao representante do OAB via aplicativo de mensagens para celular e também reforçada via entrega de um ofício redigido pela Polícia Civil.

Esta Associação reafirma ainda o seu compromisso em defender as prerrogativas dos membros do Ministério Público e repelir quaisquer interferências ou iniciativas difamatórias a seus associados. Os membros ministeriais pautam seus atos em normas e leis, agindo sempre em prol da sociedade de um modo geral.

Nesta linha, esta entidade não aceitará manifestações apaixonadas, típicas daqueles que buscam criar fatos como estratégia jurídica e estará ladeada aos associados na garantia de sua independência e prerrogativas, valendo-se de todas as medidas judiciais (cíveis e criminais) contra qualquer um que se julgar acima da lei.

A Diretoria

SANTARENOS DO GRUPO DE CORRIDA "PAPALÉGUAS TURBO", PARTICIPARAM DA MEIA MARATONA DO RIO DE JANEIRO NA MANHÃ DE ONTEM (20)

Equipe representou Santarém em uma das principais provas de atletismo do Brasil

Considerada uma das principais provas de atletismo do Brasil, a Meia Maratona do Rio de Janeiro reuniu milhares de apaixonados pela corrida de rua neste domingo (20). Entre essa multidão, seis representantes de Santarém participaram da prova.

Os amigos Wilsea, Wilma, Jhony, Helany, Richelma e David Tomazini fazem parte do grupo papaléguas turbo, de Santarém, e participaram pela primeira vez da prova no Rio de Janeiro.

- Uma experiência inexplicável, uma alegria. No meio daquela multidão, 20 mil pessoas correndo, um apoiando o outro. Cada quilometro, ao invés de eu ficar cansado, me dava mais vontade de seguir. É lindo – contou David.

David Tomazini contou que durante o percurso chegou a fazer amizade com outros participantes. E quando via alguém querendo desistir, ele chamava e incentivava o participante a continuar. O jovem disse que tinha uma meta, e conseguiu cumpri-la, que era completar a prova dentro de um tempo estipulado durante os treinamentos.

- Fiz a prova em 2h30, tava dentro do planejamento. Estou muito feliz por ter conseguido chegar até o final – completou.

Os amigos fazem parte do grupo papaléguas turbo, um dos maiores de Santarém. As corridas do grupo geralmente são à noite, iniciando na Orla da cidade, em frente ao Museu, percorrendo as principais ruas da cidade.

JK com informações do G1

domingo, 20 de agosto de 2017

ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES ESTADUAIS DO OESTE DO PARÁ (ASMEOP), EMITE NOTA SOBRE O OCORRIDO NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA EM ALTER DO CHÃO, ONDE UM PROFESSOR DA UFOPA FOI PRESO POR DESACATO

Professor da UFOPA sendo levado pela PM

A Associação dos Militares Estaduais do Oeste do Pará- ASMEOP neste momento, cumprindo seu papel de fielmente defender os policiais militares do Estado do Pará tem a expor o seguinte: de início, muito prematuro um juizo de valor a respeito da conduta dos policiais militares que intervieram na ocorrência exaustivamente veiculada nos meios de comunicação e que ocorreu em Alter do Chão. Ao que tudo indica, todas as opiniões basearam-se em um vídeo de poucos segundos e que não retratam fielmente a verdade dos fatos. Esta entidade se reserva o direito de sempre se colocar ao lado do militar, tendo em vista que até o presente momento nada se sabe sobre o que realmente aconteceu. Crucificar a GU neste momento é ato que viola o direto ao contraditório e ampla defesa. Até que se revele a verdade do que ocorreu todo julgamento é precipitado. A Asmeop se colocará a disposição dos militares sempre posto que a Lei Maior garante a defesa de todos. Nestes tempos de intensa violência no Brasil as manchetes não englobam as centenas de PMs mortos este ano no país. É um silêncio que só quem verte farda e familiares conhecem.

Diretoria Administrativa
Setor Jurídico da ASMEOP
Sargento Alexandre/ Presidente

JK

CARRO PERDE O CONTROLE E CAPOTA NA MANHÃ DE ONTEM NA BR-163 NO SENTIDO RURÓPOLIS - SANTARÉM. MOTORISTA MORREU NA HORA E PASSAGEIRO FOI LEVADO PARA O HOSPITAL APENAS COM ESCORIAÇÕES

Carro capotou deixando um morto e um ferido

As 09:18, no Km 826 da BR 163, muníicípio de Rurópolis-PA, ocorreu um acidente do tipo saída de pista seguido de capotamento envolvendo o Veículo Toyota Etios, placa QBC-7400, cor prata, licenciado em Cuiabá-MT, guiado pelo nacional Robério Ferreira dos Santos (óbito no local) e tendo como passageiro o nacional José Henrique Silva Nascimento (lesões leves) ambos residentes na localidade de Divinópolis, distrito da cidade de Rurópolis. A equipe da PRF compareceu ao local do acidente e de acordo com informações colhidas do passageiro senhor José Henrique, o veículo seguia sentido Rurópolis-Santarém em velocidade normal para a via e não houve envolvimento de outro veículo no acidente, porém não soube informar o qual de fato foi a causa da saída de pista do veículo. No local, observou-se poucas evidências da ocorrência do acidente, pois o veículo acidentado caiu em uma vala de cerca de 6 metros de altura, distante 65 metros da pista de rolamento. Observado e medido no local, apenas uma marca de frenagem de 50 metros. Vitimas removidas até o hospital da cidade de Rurópolis.






JK com informações do DPRF

sábado, 19 de agosto de 2017

UFOPA EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE INCIDENTE QUE OCORREU NA NOITE DE ONTEM EM ALTER DO CHÃO, ONDE UM PROFESSOR DA UNIVERSIDADE FOI PRESO POR DESACATO

Momento que professor foi levado pra 
delegacia de Alter do Chão

Nota de esclarecimento sobre incidente com professor da Ufopa:

A Universidade Federal do Oeste do Pará, como uma instituição educacional e de formação cidadã, vem manifestar solidariedade ao professor Pedro Leal, do curso de Antropologia, do Instituto de Ciências da Sociedade, pelos acontecimentos registrados ontem à noite em Alter do Chão.

A comunidade acadêmica lamenta as atitudes excessivas, registradas em vídeos que circulam nas redes sociais, cometidas contra o professor, sua esposa e os filhos que estavam em momento de lazer na praça da vila balneária. Registra-se o direito do cidadão aos momentos de convivência com a família, prática comum no lugar que é marcado por atividades turísticas e por laços solidários entre os moradores.

Ressalta-se a necessidade de respeito aos direitos humanos, principalmente em situações que envolvam mulheres e crianças. É necessário que as instituições de segurança incorporem em suas práticas o diálogo, buscando resolver os conflitos com entendimento, sem descontrole. Para tanto, a Universidade se apresenta como um espaço que também pode ajudar no processo de formação das corporações, no sentido de potencializar as instruções voltadas à convivência em sociedade, especialmente em uma região marcada pela diversidade cultural.

Aguardamos a apuração dos fatos para que sejam tomadas as providências cabíveis para evitar situações similares.

Raimunda Nonata Monteiro
Reitora

JK

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

APÓS REUNIÃO DE MORADORES DA VILA DE ALTER DO CHÃO COM O PREFEITO NÉLIO AGUIAR, ESTRADA DE ALTER DO CHÃO É DESOBSTRUÍDA. PREFEITO PROMETEU COBRAR DO GOVERNO DO ESTADO PARA COLOCAR PRA FUNCIONAR A ESTRUTURA DE SEGURANÇA QUE EXISTE NA VILA, EM RELAÇÃO AO AUMENTO DA PASSAGEM O PREFEITO SE COMPROMETEU COBRAR JUNTO A EMPRESA A QUALIDADE DO SERVIÇO OFERECIDO

Estrada de Alter do Chão foi desobstruída na tarde de hoje após reunião com o prefeito Nélio

A rodovia estadual Everaldo Martins (PA-457), que dá acesso à vila balneária de Alter do Chão, acaba de ser desobstruída pelos manifestantes. A obstrução iniciou às 17h de ontem. Os manifestantes reclamam do aumento no valor da tarifa de ônibus e no alto índice de violência que assombra o local.

A liberação da estrada veio após uma reunião com o prefeito Nélio Aguiar, que se comprometeu em trabalhar junto ao Governo do Estado para colocar em funcionamento a estrutura de segurança que existe na vila. Como não pode haver redução no valor da passagem, um diálogo com as empresas de ônibus será mantido no sentido de aumentar a qualidade do serviço oferecido.

Há uma mobilização dos moradores para transformar Alter do Chão em área urbana, o que segundo eles, baixaria a passagem para R$ 2,70.

JK com informações do Blog do Alailson

SMT REALIZA INVERSÃO DE RUAS NO BAIRRO DA PRAINHA QUE COMEÇA NA SEGUNDA-FEIRA (21). A AVENIDA ROSA PASSOS PASSARÁ A SER APENAS SENTIDO ÚNICO NO SENTIDO BAIRRO/CENTRO ENTRE AS AVENIDAS MENDONÇA FURTADO E ELINALDO BARBOSA. JÁ A TRAVESSA PROFESSOR JOSÉ AUGUSTINHO PASSARÁ PELA MUDANÇA NO DIA 11 DE SETEMBRO, SE TORNANDO MÃO ÚNICA ENTRE AS AVENIDAS MENDONÇA FURTADO E ELINALDO BARBOSA, NO SENTINDO CENTRO/BAIRRO

Os agentes de trânsito permanecerão na Avenida Rosa Passos e posteriormente na Travessa Professor José Agostinho orientando os condutores 
com relação às mudanças.

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) realiza a inversão de duas ruas no bairro Prainha. As inversões dão seguimento ao projeto binário desenvolvido pela SMT. Na próxima segunda-feira (21) a Avenida Rosa Passos passará a ter apenas sentido único com o trafego de veículos no sentido bairro-centro entre as Avenidas Mendonça Furtado e Elinaldo Barbosa.

Já a Travessa Professor José Agostinho passará pela mudança no dia 11 de setembro, se tornando também mão única entre as Avenidas Mendonça Furtado e Elinaldo Barbosa, com sentido de trafego de veículos centro-bairro.

Por conta da mudança no sentido de trafego na Avenida Rosa Passos, a linha de ônibus Floresta Prainha terá um ajuste operacional em sua circulação, passando a operar a partir da Avenida Mendonça Furtado pela Travessa Professor José Agostinho, Avenida Elinaldo Barbosa, depois seguindo itinerário normal.

“Nós estamos assumindo o compromisso de reordenar o trânsito santareno para que haja melhoria no fluxo das vias de grande movimento de nosso município. Um estudo técnico foi realizado pela equipe de engenharia da secretaria e indicou a necessidade dessa mudança, visando melhorar o fluxo de veículos e pedestres nessa área da cidade, que dá acesso a vários bairros. Nós vamos trabalhar as duas vias separadas por conta de serem extensas e também para dar mais segurança aos condutores de veículos e pedestres, para assim primeiro se habituarem com a mudança na Avenida Rosa Passos e posteriormente na travessa Professor José Agostinho. Essa mudança é necessária em razão das duas vias terem seus eixos de rolamento estreito e receberem um fluxo muito grande de veículos, com isso, potencializam-se em proporcionar acidentes de toda ordem, além de causar retenção de fluxo em determinados pontos operando em mão dupla", explicou o secretário de Mobilidade e Trânsito Paulo Jesus.

A Divisão de Educação para Trânsito da SMT deve realizar ações, com distribuição de panfletos e orientação aos pedestres e motoristas sobre as mudanças. Os proprietários de estabelecimentos comerciais ao longo das duas vias serão comunicados oficialmente e deverão se adequar às mudanças.

Prefeitura de Santarém
Assessoria de Comunicação (Ascom)

SMT INICIA PINTURA E REVITALIZAÇÃO DE FAIXAS DE PEDESTRES NAS RUAS DE SANTARÉM

Faixas de pedestres estão sendo revitalizadas

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) iniciou esta semana a revitalização, correção de reposicionamento e implantação de novas faixas de pedestres na cidade.

A ação faz parte de um cronograma montado a partir de estudos da equipe técnica da secretaria, e é desenvolvido pelo setor de manutenção da própria SMT. As faixas de pedestres contidas no cronograma de ações abrangeram todos os pontos da cidade.

Os trabalhos iniciaram somente nesse segundo semestre, levando em conta as recomendações técnicas de aplicação impostas pelo fabricante da tinta, onde deve ser aplicado fora do período de grande umidade para garantia da eficácia do produto.

Ainda nesse segundo semestre o trabalho ganhará mais agilidade com a chegada de uma máquina de pintura que o município está adquirindo através de um processo licitatório, no qual já foi finalizado e aguarda apenas a entrega da mesma pelo fabricante.



Prefeitura de Santarém
Assessoria de Comunicação (Ascom)

A PEDIDO DO PREFEITO NÉLIO AGUIAR, PREFEITURA DOA MADEIRA, TIJOLOS, CESTAS BÁSICAS E MATERIAL HIGIÊNICO PARA FAMÍLIA QUE TEVE CASA DESTRUÍDA E PERDEU TUDO EM INCÊNDIO NA ZONA RURAL DE SANTARÉM

Equipe da prefeitura levou ajuda a família que 
teve casa destruída em incêndio

A Prefeitura de Santarém doou, na manhã desta quinta-feira (17), 30 peças de madeira ipê para ajudar na reconstrução da casa de uma família que teve o imóvel destruído por um incêndio na semana passada, na comunidade São Francisco do Carapanari, região do Eixo Forte.

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (Comdec) entregou a madeira, que havia sido doada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), e mais alguns itens de higiene pessoal. “Como eles já arrecadaram algumas doações e, na parte da estrutura da casa ganharam os tijolos, a madeira vai contribuir para que possam refazer a casa. Trouxemos também papel higiênico, sabonete, creme dental e algumas toalhas”, destacou a coordenadora da Comdec Laura Lopes.

O incêndio, que teria sido ocasionado por um curto circuito, ocorreu no dia 9 de agosto e o fogo consumiu toda a casa de madeira. O dono do imóvel é Everton Rego Costa, de 23 anos, que morava no local com a mulher e os três filhos pequenos. “Me senti muito triste, desesperançado. Mas, graças a Deus, achei umas pessoas de bom coração que puderam ajudar com algumas coisas”.

Ele e a família estão morando provisoriamente na casa da mãe dele. Mas, Everton não abaixou a cabeça diante das dificuldades e se fortaleceu diante da ajuda que recebeu das pessoas. Ele já planeja reconstruir a nova casa. “Recebi tijolo, cimento, material do telhado. Me sinto muito feliz, muito honrado de receber as coisas da equipe que está me ajudando bastante”, agradeceu à Defesa Civil Municipal.

A Defesa Civil tem papel de agir em casos de desastres naturais, o que não significa fechar os olhos para outras situações. “Numa situação dessas, que a gente tenha como contribuir, não vamos deixar de ajudar. Como tínhamos uma pequena doação de madeira, se é possível contribuirmos, a gente também vai fazer nosso papel como Defesa Civil também”, declarou Laura Lopes.

Para reconstruir a moradia, Everton ainda precisa de material de construção. Quem tiver interesse em doar, pode ligar para o número 992642356.





Ascom/Prefeitura Municipal de Santarém

EM RELAÇÃO A MANIFESTAÇÃO DOS COMUNITÁRIOS DE ALTER DO CHÃO QUE INTERDITARAM A ESTRADA PRA PROTESTAR CONTRA O AUMENTO DA PASSAGEM DE ÔNIBUS E A FALTA DE SEGURANÇA NA VILA, LEITORA SUGERE A POPULAÇÃO QUE FREQUENTA A VILA QUE TAMBÉM FAÇAM MANIFESTAÇÃO CONTRA OS PREÇOS ABUSIVOS QUE ELES COBRAM LÁ NO VALOR DO REFRIGERANTE, CERVEJA E ALIMENTAÇÃO EM GERAL. "É UM ABSURDO PAGAR UM VALOR ALTO NUMA TAPIOCA ONDE A MÃO DE OBRA É SUPER BARATA, UM ABSURDO ENTÃO PAGAR R$ 5 REAIS NA TRAVESSIA ONDE NÃO SE LEVA 5 MINUTOS, IMAGINA SE ELES FOSSEM DONO DA FROTA DE ÔNIBUS ONDE A GASOLINA AUMENTA QUASE TODO DIA, QUAL O VALOR QUE COBRARIAM?". DESABAFOU A LEITORA

Leitora também reclama dos preços absurdos 
cobrados na Vila de Alter do Chão

Então vamos protestar também pelos preços abusivos que eles cobram por lá. Comida,  refrigerante, cerveja alimentação em geral, lá tudo é um absurdo, parece que estamos em outro mundo se formos comparar os preços, e agora uma passagem que realmente tem aumento do combustível em todo Brasil, Alter do Chão não pode ter? Se você vai comer uma tapioca em Alter do Chão é super caro, agora tu imagina, se tapioca eles cobram caro que a obra prima é super barato, imagina se eles fossem os donos das frotas de ônibus onde o combustível aumenta direto, cobram R$ 5 reais pra atravessar até a ilha que não leva 5 minutos e não usa combustível, quanto seria essa passagem? em?façam me o favor. 

Quanto a violência não existe culpado, infelizmente é consequência da evolução da cidade o que é uma pena muito grande, agora que eles devem protestar por policiamento na vila ai sim eu concordo porque lá realmente a policia não está presente.

Comentário da leitora Anne Quintino Lobato nessa Post do BLOG DO JK no grupo Fuxicos do JK no Facebook

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

PREFEITO NÉLIO AGUIAR REÚNE COM ÓRGÃOS E LIDERANÇAS PARA IDENTIFICAR CARÊNCIAS NA ÁREA DA SEGURANÇA EM ALTER DO CHÃO

Prefeito Nélio reunido com órgãos de segurança

O prefeito de Santarém Nélio Aguiar reuniu com representantes do governo municipal, órgãos de segurança pública e lideranças da vila de Alter do Chão nesta quarta-feira (16), na sala reuniões do gabinete, no prédio da Prefeitura. O encontro teve como finalidade identificar as carências referente a segurança pública na vila.

Segundo o presidente do Conselho Comunitário de Alter do Chão, Carlos Santos, ocorrências recentes de crimes, envolvendo principalmente o tráfico de drogas na vila têm incomodado moradores. “Neste último mês de julho tivemos alguns problemas envolvendo a criminalidade. Já procuramos alguns órgãos, mas sem sucesso. Esperamos que com essa reunião com o prefeito a gente possa obter respostas mais concretas”, enfatizou.

A vila de Alter do Chão possui uma Unidade Integrada de Polícia Propaz (UIPP) – modelo de segurança pública do governo do estado que propõe ações públicas de proteção e inclusão social, com base na cultura da Paz, mas segundo as lideranças comunitárias, não tem funcionado plenamente.

“A Unidade é integrada entre Polícia Civil e Militar. Atualmente está funcionando com um assistente administrativo, um agente da Polícia Civil, policiais militares e um assistente social da Prefeitura de Santarém. Ainda é pouco com certeza, mas queremos melhorar os trabalhos colocando mais profissionais disponíveis. Com o concurso da Polícia Civil finalizado com certeza grande parte desses policiais vem pra Santarém”, esclareceu e defendeu o diretor da 16ª Seccional de Polícia Civil, delegado Nelson Silva.

Durante a reunião várias demandas foram apresentadas pelas lideranças. No que cabe ao município, a Prefeitura irá realizar ações de orientação e prevenção via Conselho Tutelar e outros órgãos. A iluminação pública deverá ser melhorada com a ajuda da população que pode identificar os pontos de escuridão acionando o 0800.400.0300.

Entre os encaminhamentos que são responsabilidade do governo do estado e serão reivindicados pelo prefeito estão: fortalecimento das UIPPs, busca da implantação de uma unidade do ProPaz Integrado na vila, e instalação da Polícia Rodoviária Estadual para atender as demandas da Rodovia Everaldo Martins (PA-457).

“Segurança pública é um dever do estado, mas é responsabilidade de todos. A Prefeitura não será omissa nessa questão. Estamos em conjunto com a comunidade, órgãos de segurança para que a gente possa conjuntamente montar uma estratégia e frear esses índices de violência que vem aumentando em Alter do Chão”, destacou o prefeito Nélio Aguiar.

“Ninguém faz nada sozinho. Se trabalharmos em conjunto fica mais fácil atuar e trazer essa segurança que a comunidade precisa”, enfatizou o comandante da Polícia Militar em Santarém, tenente coronel Aldemar Maués.

Prefeitura de Santarém
Assessoria de Comunicação (Ascom)

ESTRADA DE ALTER DO CHÃO ESTÁ INTERDITADA DESDE A MADRUGADA DE HOJE POR COMUNITÁRIOS DA VILA DE ALTER DO CHÃO. ELES PROTESTAM POR CAUSA DO ÚLTIMO AUMENTO DA TARIFA DE ÔNIBUS E PELA FALTA DE SEGURANÇA NA VILA, ONTEM MESMO UM ÔNIBUS FOI ASSALTADO E OS USUÁRIOS TIVERAM TODOS OS SEUS PERTENCES ROUBADOS

Moradores interditaram próximo 
a comunidade de Caranazal

Ola amigo JK, eu queria lhe falar que a comunidade de Alter do Chão está fazendo um protesto de bloqueamento da PA-457 rodovia Everaldo Martins, próximo à comunidade do Caranazal. Queria que registrasse e coloca-se no seu blog, porque nós estudantes e as pessoas que vão trabalhar em Santarém todo dia não pode pagar o aumento na tarifa de ônibus de R$ 3,60 e também a falta de segurança pública na vila em Alter do Chão, ontem mesmo o último ônibus que faz linha para Alter do Chão foi assaltado, Levaram tudo das pessoas que estavam Dentro do ônibus. 

Moradora de Alter do Chão - Via Whatsapp para o BLOG DO JK

DETRAN PROMOVE LEILÃO DE 252 VEÍCULOS EM SANTARÉM

252 veículos serão leiloados

O município de Santarém sediará o primeiro leilão de veículos do Departamento de Trânsito do Estado (Detran) neste segundo semestre do ano. O sétimo edital de venda pública de 2017 disponibiliza aos interessados 252 veículos no município.

O leilão será realizado nos dias 22 e 23 deste mês, pelos modos presencial e online, na sede do Sindicato dos Servidores Públicos, localizado na Alameda 27, nº 280, bairro do Aeroporto Velho.

Como previsto no edital, a visitação pública dos 252 veículos disponibilizados neste leilão será entre os dias 15 e 18, e depois no dia 21 de agosto, das 9h às 17h, no pátio da VIP Leilões, localizado na rua Santana, 474, entre as ruas Maracangalha e 24 de outubro, bairro Salé.

A organização adverte que será permitida apenas a avaliação visual dos lotes no local, sendo vedados quaisquer outros procedimentos como manuseio, experimentação e retirada de peças. “Este é um procedimento padrão que adotamos em todos os pregões”, esclarece Antônio Moura, presidente da Comissão Permanente de Leilão.

Qualquer pessoa pode participar do leilão desde de que se identifique com o RG e CPF. Os arrematantes presenciais precisam apresentar, além do documento de identidade com foto e o CPF (ou comprovante de emancipação, quando for o caso), o comprovante de endereço atualizado com CEP. Pessoas juridicas precisam apresentar comprovante de situação cadastral emitido nos ultimos 30 dias, CNPJ e demais documentos constantes no edital.

Os participantes online devem realizar o cadastro prévio, além de disponibilizar a documentação exigida para pessoas físicas e juridicas. O edital do Leilão se encontra afixado na sede do Detran Pará em Belém e nas unidades descentralizadas da autarquia de trânsito.

Os principais critérios para que um veículo seja leiloado é que o mesmo esteja retido há 60 dias no parque do órgão e que não apresente nenhum tipo de restrição judicial ou policial, como roubo e furto. Os veículos serão divididos em lotes classificados como sucatas, sucatas aproveitáveis e sucatas aproveitáveis com motor insersivel (motor suprimido ou divergente), estando, portanto, impedidas de voltar a circular e destinando-se apenas ao comércio de peças e componentes. Os lotes conservados são para veiculos que podem voltar a circular.

Em agosto também haverá um leilão na capital nos dias 29 e 30, que leiloará 419 veículos.

Agência Pará

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

APROVEITE ESSA OPORTUNIDADE. POUCAS VAGAS DISPONÍVEIS. PROCURE O "SANTARÉM ESTÁGIOS E EMPREGOS"

Poucas vagas disponíveis

O Stm Estágio e Emprego encaminha semanalmente dezenas de pessoas que buscam uma oportunidade profissional. Apesar de haver certo descrédito da população em relação a algumas empresas, que enganam e não encaminham ninguém para estágio ou emprego, eles têm conseguido um número expressivo de Vagas para os mais variados setores do comércio.

Dentre as áreas que mais foram encaminhadas pessoas destacam-se: Atendente, Garçom, Manicure,Serviços Gerais, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Cozinha, Recepção Hospitalar, Confeiteiro, Recepcionista de Hotel, Secretária, Frentista, Operador de Caixa, office boy, dentre outras funções frequentemente solicitadas por empresas do Comércio em Santarém.

Uma equipe de profissionais realiza o processo seletivo dos interessados em ocupar vagas de emprego e, caso o candidato preencha os requisitos solicitados pelas empresas é chamado e, passando pelo processo da empresa, poderá ingressar com carteira assinada ou contrato de experiência. O empresário que deseja solicitar candidatos qualificados que trarão grande retorno financeiro ao seu negócio, pode nos contatar e faremos uma visita breve, com a proposta de parceria gratuita, podendo render até treinamento de atualização para seus colaboradores.

Além dos encaminhamentos o Stm Estágio e Emprego oferece treinamentos rápidos e exclusivos, disponíveis somente em grandes capitais do Brasil, agora presentes na cidade de Santarém. Faça uma visita sem compromisso e conheça nossa sede na Rua Silvério Siretheau Corrêa, 886 - Altos - Centro no Mercado Modelo, por trás do Teatro Vitória, Sub esquina do Comercial Juca. 

Saiba mais ligando das 09h às 17h de Segunda à sábado para os números: 93- 99170-9510 ou 99114-4954. ou acesse a página: https://www.facebook.com/santaremcursos/

JK

APÓS VARREDURA DE 100 QUILÔMETROS DE CADA MARGEM DO RIO AMAZONAS, MARINHA COMEÇA A TRABALHAR COM A HIPÓTESE QUE OS NOVE TRIPULANTES PODEM NÃO TER CONSEGUIDO SAIR DE DENTRO DO REBOCADOR DA BERTOLINI. RETIRADA DO REBOCADOR DO FUNDO DO RIO É DIFÍCIL E AINDA NÃO TEM DATA CERTA

No naufrágio, o empurrador da empresa Bertolini se chocou com um navio da Mercosul Santos. Desaparecidos em acidente podem não ter conseguido sair de dentro do rebocador

O comandante da Capitania Fluvial de Santarém, Ricardo Barbosa informou que desde o dia do acidente entre o rebocador CXX da Bertolini e o navio Mercosul Santos, as equipes de buscas fizeram varreduras nas duas margens do Rio Amazonas próximo ao município de Óbidos, no oeste do Pará.

“A equipe realizou buscas nas margens do rio desde a ilha do Patacho até o local do acidente. As buscas foram realizadas em uma área de aproximadamente 100km em cada margem do rio”, contou capitão Ricardo Barbosa.

O comandante afirmou que toda a margem do rio já foi varrida diversas vezes, o que reforça a hipótese de que os nove desaparecidos não tenham conseguido sair de dentro do rebocador. “Foram 13 dias realizando buscas na superfície com a lancha da Capitania. Trabalhamos agora com a hipótese de que os desaparecidos não tenham conseguido sair do empurrador antes do naufrágio”, disse.

O Navio Patrulha Bocaina, que permaneceu quatro dias na área em que o rebocador da Bertolini naufragou, no Rio Amazonas, dando apoio às buscas dos desaparecidos, retornou à capital do estado do Pará no último domingo (13). No dia 10, a embarcação fez uma parada em Santarém para reabastecimento.

A empresa Bertolini deverá realizar a contratação de uma empresa de salvatagem nos próximos dias, segundo o comandante. “Após a contratação, será preparado um plano de salvamento para a reflutuação rebocador. Este plano tem que ser apresentado à Marinha para aprovação”, finalizou.

O acidente

O rebocador com nove balsas carregadas com grãos colidiu com o navio cargueiro na madrugada do dia 2 agosto, por volta de 4h30. De acordo com a Capitania Fluvial de Santarém, no empurrador havia 11 pessoas, sendo 9 tripulantes e dois passageiros. Duas pessoas conseguiram se salvar. Elas foram resgatadas e levadas de lancha para Santarém.

Após a Marinha localizar a posição do rebocador, começa a próxima etapa que consiste na reflutuação da embarcação.

JK com informações do G1

terça-feira, 15 de agosto de 2017

PRESIDENTE DA OAB-SANTARÉM, UBIRAJARA BENTES, REÚNE COM FAMILIARES DOS NOVE TRIPULANTES DESAPARECIDOS DA BALSA DA BERTOLINI E COBRA INFORMAÇÕES DAS AUTORIDADES E DEFENDE AÇÃO ENÉRGICA CONTRA AS EMPRESAS CAUSADORAS DO ACIDENTE.

Presidente da OAB-Santarém se reuniu com os familiares dos 9 desaparecidos da balsa da Bertolini

As famílias precisam resgatar seus familiares desaparecidos, precisam ser respeitadas. A responsabilidade é solidaria das empresas. Se dificuldade reside nas seguradoras que sempre criam dificuldades para pagar, elas que arquem com o custo de suas responsabilidades e depois cobrem regressivamente daquelas. 

É preciso uma ação enérgica das autoridades federais e estaduais competentes, a OAB está cobrando e irá fiscalizar o desenrolar dessa situação. Uma reunião ocorrerá nesta quarta-feira, às 9h, no Quartel do Corpo de Bombeiros, para tentar dar uma solução ao problema que aflige dezenas de parentes e amigos dos desaparecidos.

JK com informações da OAB-Santarém

PREFEITO NÉLIO AGUIAR INAUGURA ESCOLA SANTÍSSIMA TRINDADE NA VILA DE ARITAPERA

Escola inaugurada na Vila de Aritapera

A Prefeitura de Santarém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), inaugurou nesta manhã (14), a Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Santíssima Trindade, na Vila de Aritapera, região de várzea.

Durante a solenidade, o Prefeito de Santarém Nélio Aguiar, destacou o compromisso da atual administração com a área educacional. "A gente fica muito feliz em poder investir na infraestrutura escolar do nosso município. Vamos fazer com muita seriedade uma educação de qualidade para nossas crianças" declarou.

Na oportunidade, o prefeito anunciou a construção de mais duas escolas na região de rios, sendo uma na comunidade Piracãoera de Baixo e outra na região do Tapará Grande. O prefeito Nélio garantiu também a reforma da Escola Rosilda Wanghon, situada na comunidade Perema, no Planalto santareno.

"É a primeira escola na região de várzea inaugurada pelo governo Nélio, na verdade é a primeira de várias que vamos entregar. Hoje, estamos muito felizes em entregar essa obra. Que esse novo espaço seja cuidado com muito zelo pelos nossos professores e alunos". Ressaltou a secretária de Educação, Marluce de Pinho.

O diretor da Escola, Lázaro Santos dos Reis, agradeceu pela nova obra. "O sentimento é de gratidão. É uma alegria imensa, uma vez que a gente passou um longo período sem um local digno para nossas crianças estudarem e hoje chegou o grande dia. Agora com esse prédio novo e bonito vamos poder dar uma educação de mais qualidade para nossos alunos", disse.

A programação foi encerrada com o descerramento da placa de inauguração e o corte símbolo da fita.

Estiveram também presentes o vice-prefeito José Maria Tapajós, o secretário de gabinete Erasmo Maia, a primeira dama e secretária de Assistência Social Celsa Brito, o vereador Ronan Liberal Júnior, assessora de Rios Gedalbe Pereira, os ex-prefeitos de Santarém Paulo Lisboa e Ronan Liberal, servidores da Semed, comunitários, pais e alunos.

Sobre a obra

Com investimentos de R$ 412. 270, 96, em recursos próprios do município, a nova escola vai beneficiar 80 alunos. A unidade contará com 7 turmas, sendo 1 de Educação Infantil e 6 de Ensino Fundamental, nos turnos matutino e vespertino.

A estrutura possui 521 m² de área construída, obra em madeira, 4 salas de aula, secretaria, sala multifuncional, depósito, cozinha, dispensa, refeitório, 3 banheiros, sendo um com acessibilidade para portadores de necessidades especiais e casa com motor de luz.










Prefeitura de Santarém
Assessoria de Comunicação (Ascom)

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

OAB-SANTARÉM MARCA COLETIVA DE IMPRENSA PARA A PRÓXIMA QUARTA-FEIRA (16) PARA FALAR DOS EXCESSOS POR PARTE DA POLÍCIA CIVIL E MINISTÉRIO PÚBLICO NA "OPERAÇÃO PERFUGA", QUANDO DOIS ADVOGADOS FORAM PRESOS. OAB VAI TORNAR PÚBLICO SEU POSICIONAMENTO E COMUNICAR AS MEDIDAS QUE SERÃO ADOTADAS

Advogados se reuniram na tarde de hoje com o presidente, Ubirajara Bentes 

A Ordem dos Advogados do Brasil, subseção Santarém, reuniu-se nesta segunda-feira, dia 14/08/2017, com a Comissão de Prerrogativa e teleconferência com Presidente Alberto Campos (presidente da Seccional Pará) para avaliar os possíveis excessos das prisões envolvendo advogados na operação “perfuga”.

A OAB estará marcando uma coletiva com a imprensa para tornar público seu posicionamento e comunicando as medidas que serão adotadas pela instituição.

JK